Transparência: recurso invade a alta-costura para garantir leveza

Detalhe aparece para suavizar as peças statement de alfaiataria

by Beatriz Poletto
Foto: Reprodução/Now Fashion

Chanel – Foto: Reprodução/Now Fashion

A alta-costura inverno 2020 toma conta de Paris e já temos algumas tendências para se inspirar. Uma delas é a transparência. Mas fiquem atentos, fashionistas! Não é qualquer tipo de transparência: o recurso invade as peças de alfaiataria para adicionarem leveza aos looks empoderados.

A força feminina está com tudo, principalmente nas coleções que enaltecem o feminismo e o papel que a mulher já teve, tem e ainda terá na sociedade. Com coleções poderosas e cheias de informação de moda, a trend vem com força.

Na foto acima, o look Chanel aparece no clássico preto e branco cheio de aplicações no tecido. A transparência aparece nas mangas e nas pétalas recortadas na blusa que, quando sobrepostas, fazem a cor branca se ressaltar.

Veja a seguir mais alguns exemplos e se inspire para arrasar neste inverno!

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Foto: Reprodução/Now Fashion

Chanel – Foto: Reprodução/Now Fashion

Ainda sobre o inverno 2020 da Chanel: a seda e o tule constroem vestidos com modelagens típicas de alfaiataria, com silhuetas e costuras statement. Mas a leveza da transparência adiciona feminilidade e delicadeza ao looks.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Ralph & Russo – Foto: Reprodução/Now Fashion

Já as ideias para noivas da Ralph & Russo abusam do bordado e do glamour. E o modelo de macacão com capa recebe alguns aspectos da alfaiataria masculina. Tamara Ralph suaviza essas características com a transparência da organza.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Christian Dior – Foto: Reprodução/Now Fashion

Maria Grazia Chiuri fez questão de firmas sua posição feminista em um desfile cheio de elegância Christian Dior. Para adicionar leveza aos looks no estilo gótica suave, a transparência veio como segunda pele.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Iris Van Herpen – Foto: Reprodução/Now Fashion

A tecnologia e o futurismo das peças de Iris Van Herpen são puro statement. Os recortes orgânicos já fazem parte da assinatura da estilista, que constrói estruturas incríveis, sempre abusando da transparência e ilusões de óptica.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Schiaparelli – Foto: Reprodução/Now Fashion

A Schiaparelli foi uma das maisons que abusou da criatividade: entre os acessórios surrealistas, a cobra apareceu como colar de brilhantes. A transparência na parte de cima do vestido surge como ponto de leveza e sensualidade.

Leia mais:
10 coisas que amamos da couture de inverno 2020 da Chanel 
10 coisas que amamos do inverno 2020 da Christian Dior
10 coisas que amamos do inverno 2020 de Iris Van Herpen