Fotos: Marcio Madeira

O Resort 2013 da Balmain, apresentado em julho passado e repleto de losangos em preto e branco, listras optical e alfaiataria de proporções maximizadas, foi apenas um aperitivo: o verão da grife desenhada pelo jovem Olivier Rousteing segue a mesma linha e é, definitivamente, uma ode aos anos 1980. O finalzinho deles, na virada para os 90’s.

As mega-ombreiras – hits absolutos da época em que Christophe Decarnin atuava como diretor criativo da grife – ganham shape oitentista da maneira mais literal possível, arrematando a maioria dos looks, inclusive na jaqueta perfecto curtinha.

Não para por aí. Os mesmos prints de losangos reaparecem, em versão glam, texturizada, lado a lado com calças baggy de cintura alta, que acabam por ofuscar os modelos mais skinny da coleção. Até o decote canoa, tão usado pelas mulheres na década de 1980 entra no túnel do tempo de Rousteing e finaliza um dos muitos tubinhos da coleção. Cintura marcada e o jeans sem lavagem – em tops cropped, skinnies e blazers agigantados – completam o repertório.

A porção mais aristocrática, aonde o estilista trabalha peças à mão, com tramas ricas e complexas, surge renovada, com textura de palha, vazados de cestaria e tonalidades lavadas de azul e amarelo. A mulher Balmain não abandona a veia festeira e parece sempre pronta para se jogar nas pistas mais fervidas. Os comprimentos, que continuam micro, não nos deixam mentir.