Por Luigi Torre

Vamos por partes. Primeiro, o que você vai querer vestir e verá por aí na próxima estação da Prada: looks pijamas e vestidos camisolas em versão super deluxe, com marabous e aplicações de joias; jaquetas retrô-futurista; sobreposição de camisa com estampa geométrica antiguinha com vestidos mídi; sandálias de salto baixo; coletes de tricô; xadrezes com aparência vintage; e prints tipo toalha de mesa (versão renovada da estética ugly chic, de Miuccia Prada).

Agora, ao que está nas entrelinhas. Junto com o desfile, telões suspensos sobre a passarela de metal exibiam fragmentos do curta Past Forward, de David O. Russel – pequenos clipes aleatórios em repetições de mulheres e homens em situações e cenário futurista, numa verdadeira colagem.Método de pensamento e constituição não muito diferente do usado por Miuccia neste verão. A imagem não é retrô nem futurista. É ambos. Recupera elementos históricos (tecidos, estampas, silhuetas e modelagens) ao mesmo tempo que os projeta no futuro. Há uma constante sensação de déja-vu, sempre acompanhado do desconforto do novo e do desconhecido (ou pelo menos diferente). Como as ideais de deslocamento, fuga e viagem das coleções passadas, só que aplicadas sobre o tempo. Ou então, como se essa viajante tivesse, finalmente, encontrado seu destino e, a partir do passado, começasse a construir seu futuro. Confira alguns dos looks do verão 2017 da grife, desfilados nessa quinta-feira (22.09) em Milão, em nossa galeria.

Leia mais: Lina Bo Bardi é inspiração de Max Mara no verão 2017