Victoria Beckham. Foto: Reprodução/ Harper's Bazaar Arabia
Foto: Reprodução/Harper’s Bazaar Arabia

A ex-spice girl Victoria Beckham é hoje uma das estilistas mais influentes da moda inglesa. Há 10 anos no mercado com sua marca homônima, a designer ganhou seu espaço na indústria com uma label que desenvolveu uma linguagem moderna e uma maneira distinta de criar suas peças. Na última terça-feira (19.06) , no Forbes Women’s Summit em Nova York, Victoria falou sobre seu casamento, sua história na moda e o movimento #metoo.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Victoria Beckham. Foto: Reprodução/ Harper's Bazaar Inglesa
Foto: Reprodução/Harper’s Bazaar Inglesa

Questionada sobre a nova fase de sua marca com o Paolo Riva, a estilista disse: “Não tenho certeza por onde Riva vai começar, porque eu tenho muitas ideias. Eu só preciso da certa infraestrutura ao meu redor para transformá-las em realidade.” Victoria ainda completou afirmando que precisa de um mentor: “Tenho feito isso com um belo time de pessoas, mas, como um time, precisamos de um líder para nos guiar, e com quem eu possa aprender.”

Spice Girls. Foto: Reprodução/ IMDB
Spice Girls – Foto: Reprodução/IMDB

A ex-Spice Girl comentou também sobre seu ingresso na moda. A estilista afirmou que sabia que sofreria preconceito por ser cantora e casada com um jogador de futebol. Mas que nada disso a impediu. Ela apenas agradece por ter sido ingênua na época em relação a indústria da moda. “Eu gosto do fato de que eu não sabia muito. Porque se eu soubesse o que sei hoje, será que teria a coragem que tive na época? Provavelmente, não. Acho que eu era muito inocente.  Mas acho que isso era bom, porque provavelmente [se soubesse mais] estaria assustada. A indústria da moda é muito assustadora, e eu era uma popstar dizendo “Gente, eu desenhei um vestido!”

David e Victoria Beckham. Foto: Reprodução/ IMDB
David e Victoria Beckham – Foto: Reprodução/IMDB

Ao marido, o ex-jogador de futebol David Beckham, Victoria é só elogios: “Sou sortuda por ter o apoio de um marido incrível. Ele sempre me encorajou a seguir meus sonhos e paixões. Se não fosse por ele me apoiando, em casa, inclusive, seria muito difícil. Nós somos iguais em tudo o que fazemos em casa com as crianças. Ele faz o possível. Organiza a lição de casa das crianças e cozinha. É marido e pai mais maravilhosos. Quando eu estou em casa, também ajudo em tudo. Somos parceiros.”

Foto: Reprodução/Harper's Bazaar America
Foto: Reprodução/Harper’s Bazaar Arabia

Sua opinião em relação ao #metoo – movimento contra o assédio e violência sexual, que nasceu após várias atrizes acusarem o diretor Harvey Weinstein– é clara: “Eu ainda estou batendo nessa tecla e não vou parar. E acho que nenhuma de nós quer parar. Estamos em uma época muito importante para as mulheres.”

LEIA MAIS
Victoria Beckham nomeia Paolo Riva diretor-executivo da sua grife homônima
Victoria e David Beckham rifam seus looks do casamento real