Voador: hotel de barracas é diversão para crianças

A uma hora de São Paulo, ele tem como proposta conectar pais e filhos em uma área de preservação ambiental

by Luciana Franca
Voador, um hotel de barracas para conectar pais e filhos com a natureza foto: VanessaZanforlinFotografia

Voador, um hotel de barracas para conectar pais e filhos com a natureza – Foto: VanessaZanforlinFotografia

Brincadeiras ao ar livre, cheiro de fogueira, céu estrelado e noites em uma confortável barraca. A proposta do Voador, um hotel de barracas dentro de uma área de conservação ambiental, em Atibaia, a uma hora de São Paulo, é conectar pais e filhos com a natureza. Bazaar Kids esteve lá por quatro dias para uma experiência única.

Brincadeiras ao ar livre na área de preservação ambiental - Foto: VanessaZanforlinFotografia

Brincadeiras ao ar livre na área de preservação ambiental – Foto: VanessaZanforlinFotografia

Um dos lagos na entrada dá boas vindas a quem chega naquele pedaço de paraíso: são 55 hectares cercados por montanhas, com quatro nascentes e uma queda d’água. Como fomos ao Voador no feriado de julho, quando o projeto comemorava dois anos, a programação era ainda mais especial.

A primeira atividade foi o Passeio Sonoro, em que os músicos tocavam seus instrumentos escondidos no meio na mata, enquanto caminhávamos pela trilha. Indescritível.

Piquenique no deck foto: VanessaZanforlinFotografia

Piquenique no deck – Foto: VanessaZanforlinFotografia

Os dias foram preenchidos com mais trilhas de diferentes níveis de dificuldade; oficinas de instrumentos musicais, de arte e de pizza; piqueniques no deck com fogueira; música ao vivo e de vitrola ao entardecer; aula de ioga; plantio comunitário, cama elástica, caiaque e contação de história.

As tendas cor de laranja são  salas de banho, com chuveiros potentes e privacidade para cada família  foto: VanessaZanforlinFotografia

As tendas cor de laranja são salas de banho, com chuveiros potentes e privacidade para cada família – Foto: VanessaZanforlinFotografia

Os termômetros chegaram a zero grau em uma das madrugadas. Fez muito frio, mas a barraca novinha, forrada com piso de EVA, colchão, travesseiros e os muitos cobertores limpíssimos oferecidos pelo Voador – além de algumas camadas de roupas – seguraram as baixas temperaturas. São 25 barracas, com um ou dois quartos, que acomodam até 100 pessoas.

Há banheiros secos com serragem em todos os cantos e dois banheiros com vasos regulares. O banho é quente e com privacidade: são seis tendas-vestiários de lona, que cada família pode ocupar exclusivamente, e cada uma delas tem dois chuveiros potentes.

Barraca impecável, com travesseiros e cobertoresfoto: VanessaZanforlinFotografia

Barraca impecável, com travesseiros e cobertores – Foto: VanessaZanforlinFotografia

É um acampamento confortável e sem perrengue, ou glamping, como tem se popularizado o termo também no Brasil. As refeições são deliciosas e vegetarianas. Você não vai sentir falta de carne.

Caiaque no lago quando esquentar foto: VanessaZanforlinFotografia

Caiaque no lago quando esquentar – Foto: VanessaZanforlinFotografia

E nem de conexão com a internet, que por lá é precária. Há muito mais com o que se conectar naquele lindo lugar.

Fogueira quando esfriar foto: VanessaZanforlinFotografia

Fogueira quando esfriar – Foto: VanessaZanforlinFotografia