Bazaar te conta os prós e contras de dietas famosas como a gluten-free e veganismo - Foto: reprodução
Bazaar te conta os prós e contras de dietas famosas como a gluten-free e veganismo – Foto: reprodução

Sempre surge uma nova dieta, que promete uma perda de peso rápida sem perda de energia. Além das dietas que a amiga tentou, perdeu 10 quilos em uma semana… Para acabar com os mitos, a Bazaar perguntou às nutricionistas britânicas Gabriela Peacock e Charlotte Stirling-Reed, para explicar os prós e contras de seis dietas mais populares.

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Veganismo
O que é? Os veganos não comem nenhum tipo de comida que sejam de origem animal. É uma dieta totalmente baseada em plantas, pense em grãos, castanhas, legumes e frutas.

Gabriela Peacock diz: “Veganuary é uma boa maneira de experimentar o estilo de vida vegano para o mês de janeiro. Um mês é uma quantidade razoável de tempo para ver se ele combina com você e te ajuda a atingir seus objetivos de dieta e estilo de vida, incluindo perda de peso ou aumento de energia. Se você adotar uma dieta vegana, não apele após o mês terminar, tente se comprometer a comer menos carne mas quando você for comer, que seja a de melhor qualidade. Uma ou duas vezes por semana, escolha a carne orgânica e que o animal só coma capim, nessas há muito mais nutrientes e é mais saudável tanto para você quanto para o meio ambiente”

Charlotte Stirling-Reed diz: “O veganismo, se feito corretamente, pode ser um modo saudável de vida. O principal problema desta dieta é que o estilo de vida vegano é notavelmente difícil de manter. Ele deixa você com uma escolha muito limitada e há uma grande quantidade de esforços envolvidos em equilibrar as refeições para garantir que você não perca todos os nutrientes vitais, como cálcio e ferro.”

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Gluten-free
O que é? Nela você corta o glúten – uma proteína encontrada no trigo e em grãos como cevada e centeio. Você pode comer carne, frutas, legumes e alguns grãos. A dieta é predominantemente utilizada para tratar aqueles que sofrem de doença cefálica.

Gabriela Peacock diz: “Muitas pessoas estão entrando na onda da dieta sem glúten para perder peso. O problema é que muitos dos produtos sem glúten no mercado são mais elevados em calorias, pois eles contém muito mais açúcar , gordura e emulsionantes para torná-los mais saborosos. Produtos sem glúten também tendem a ser mais caros e difíceis de encontrar nos mercados e restaurante. Se você for evitar glúten escolha arroz, batatas, milho, trigo sarraceno e coma mais feijão, lentilha, ao invés de pães e bolos sem glúten.

Charlotte Stirling-Reed diz:”Não há nenhuma evidência de que cortar o glúten terá um efeito sobre o peso, e a menos que você tenha sido diagnosticado com intolerância a glúten, não há muitos benefícios que você consiga seguindo esta dieta. É melhor simplesmente ficar de olho nas porções, quando se trata de carboidratos.”

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Atkins
O que é? Uma dieta com muita proteína e pouco carboidrato, onde você come muito peixe e ovos.

Gabriela Peacock diz: “os proponentes defendem uma restrição de carboidratos em favo do aumento de proteína. Embora essa dieta permita que você coma muita carne, peixe, ovos e produtos lácteos, a exclusão de carboidratos significa que é muito pobre em fibras, energia e vitaminas essenciais. A fibra é uma parte importante da dieta para manter seu sistema digestível saudável. Existem também alguns efeitos colaterais desagradáveis, como mau hálito e prisão de ventre.”

Charlotte Stirling-Reed diz: “Essa dieta tem má reputação e, embora você perda peso rapidamente, é improvável que você consiga manter a perda de peso a alongo prazo. Muitas vezes, com dietas de emagrecimento rápido você acaba conseguindo ganhar o peso que perdeu assim que você volta para sua dieta normal. Qualquer dieta que incentive uma forma anormal ou um desafio de comer, é improvável que seja sustentável.”

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Detox do limão
O que é? É uma dieta de desintoxicação popular que consiste em apenas beber um tónico à base de limão.

Gabriela Peacock diz: ”Embora possa impedi-lo de comer por alguns dias, dando o seu sistema digestivo um descanso, ele certamente não é sustentável. Tal correção em curto prazo é improvável que tenha qualquer sucesso a longo prazo. Trocar seu leite ou café matinal por um copo de água quente com limão fresco é uma maneira refrescante de começar o dia, além de ser muito mais hidratante.”

Charlotte Stirling-Reed diz: “Infelizmente, detoxes são apenas mais uma falsa promessa e, enquanto não há nada de errado em ter uma fatia de limão em seu chá, para dar uma impulsionada de vitamina C, esta dieta não vai fazer muito por você, além de uma falta de nutrientes e provavelmente muita fome.”