Foto: reprodução
Foto: reprodução

Por Anna Paula Buchalla 

No ano em que completa 50 anos, a La Mer traz duas ótimas notícias para as fiéis adeptas de sua luxuosa linha de cremes anti-idade: a marca icônica acaba de inaugurar a primeira loja no Brasil, no shopping Iguatemi, em São Paulo. Além de contar com quase todos os potinhos-desejo que existem lá fora, há ainda tratamentos de cabine, como o Custom Facial Intense (R$ 1.200, 90 minutos) e o Body Treatment (R$ 675, 1 hora). “Escolhemos o Brasil por ser um mercado extremamente sofisticado, de mulheres que não querem apenas comprar, mas vivenciar as marcas de beleza”, diz Sandra Main, presidente global da La Mer. A segunda é o lançamento de um poderoso sérum, o Genaissance, que promete – e cumpre – maravilhas para a pele em apenas 24 horas de uso. Está previsto para chegar ao País em abril.

A história da marca americana de cosméticos se confunde com a criação de seu produto-estrela, o Crème de La Mer. Tudo aconteceu há 50 anos, quando o físico aeroespacial Max Huber sofreu queimaduras graves enquanto realizava experimentos em seu laboratório. Como não encontrou nenhuma fórmula capaz de curar suas feridas e cicatrizes, Huber literalmente mergulhou nas pesquisas por uma receita milagrosa. E foi nas águas geladas e profundas do norte do Pacífico, depois de 12 anos e 6 mil tentativas, que o físico chegou ao miracle broth, segredo guardado a sete chaves e até hoje revelado a poucos funcionários do laboratório. O composto não só melhorou suas feridas como rejuvenesceu, surpreendentemente, a sua pele.

Pouco se sabe sobre a produção do miracle broth e é justamente por isso que ele não é patenteado – ou seja, a concorrência está longe de chegar a um resultado tão bom quanto o de Max Huber. Tudo o que se sabe é que ele é fruto da biofermentação de uma alga riquíssima, misturada a minerais, a Macrocystis pyrifera, que tem capacidade incrível de autorregeneração. Ela é retirada manualmente do mar, num processo minucioso, quase cirúrgico, para preservar suas propriedades naturais. A ela se somaram outros ingredientes naturais, a maioria com funções anti-inflamatórias, como extrato de cháde limão, eucalipto, girassol, alfafa e até flocos de ouro. O processo todo da fermentação é feito com o objetivo de mimetizar o ambiente natural da alga, simulando os sons do mar e a luz do sol. De creme para os olhos a óleos rejuvenescedores, loções corporais e lip balm, o miracle broth está em mais de 30 produtos, com variações de texturas para peles diversas.

A grande novidade da marca foi elevar a biofermentação do miracle broth a um novo patamar, ainda mais potente, que resultou numa verdadeira fórmula anti-idade. Criado a partir de cristais formados pela alga, o Genaissance The Serum Essence, apresentado no mês passado a editoras de beleza de todo o mundo, em Los Angeles, nos Estados Unidos, é tecnologia em forma de luxo. A forma cristalizada do princípio ativo, que, vista a olho nu, lembra uma pequena joia do Pacífico, potencializa a síntese de colágeno e elastina, melhora a textura, dá brilho e ainda reduz poros e linhas finas. “Ele reconstrói a força da pele”, disse Loretta Miraglia, vice-presidente de inovação e pesquisa da La Mer. “O miracle broth na forma cristalizada tem o poder de atingir camadas mais profundas da pele e tem ação mais rápida”, afirmou Andy Bevaqua, vice-presidente de pesquisa e desenvolvimento. Assim como o segredo bem guardado da La Mer, a riqueza de detalhes de seus produtos tem um único objetivo: fazer com que a pele volte a ser e a se comportar como nos anos dourados da juventude.