La Prairie – foto: divulgação

A história de rejuvenescimento da La Prairie começou na década de 1930, quando o médico Paul Niehans iniciou seus estudos de regeneração celular para reverter os efeitos da idade. Suas revolucionárias terapias o levaram a criar a Clinique La Prairie, um retiro médico na Suíça.

A clínica atraiu (e ainda atrai) um fluxo constante de membros da realeza, artistas e celebridades, entre eles o Papa Pio 12, Charlie Chaplin, Winston Churchill, Pablo Picasso e Marilyn Monroe.

Agora, a linha Platinum Rare, que tem a platina como ingrediente-chave, ganha um novo: o Platinum Rare Haute-Rejuvenation Cream, que leva em sua composição o novo Platinum Multipptide, que tem três peptídeos diferentes ligados a partículas esféricas de platina, passo importante no processo de atrasar o tempo, combatendo os efeitos negativos da poluição e estresse sobre a pele.

Platinum Rare Haute-Rejuvenation Cream

Platinum Rare Haute-Rejuvenation Cream – Foto: Divulgação

Este creme aborda cinco processos-chave do rejuvenescimento da pele. A textura da pele é refinada, linhas finas e rugas parecem diminuídas e a elasticidade é melhorada. Platinum Rare Haute-Rejuvenation Cream restaura o brilho da pele jovem e promove um tom de pele uniforme. A sua pele fica com uma sensação de conforto e suavidade. Deve ser usado pela manhã e pela noite, com a pele limpa.

A platina

Há mais de quatro bilhões de anos, uma chuva de meteoros caiu sobre a Terra. Cientistas acreditam que a tempestade extraterrestre tenha sido responsável pelas reservas de metais nobres, como ouro, prata e platina, depositados na superfície. Valiosíssimo e antes restrito aos reis (Luís 16 declarou que a platina, sofisticada, brilhante e refinada, seria usada em Versalhes para decorar mesas e penteadeiras da corte), o metal, raríssimo na natureza, agora é um dos principais ingredientes de uma das linhas de cosméticos anti-idade mais luxuosas do mundo: a La Praire.