Playa Negra - Foto: reprodução Bazaar
Playa Negra – Foto: reprodução Bazaar

Acostumada com a vida urbana de São Paulo, Fernanda quando pode, foge para o mar, seu escape favorito. “Sempre quis aprender a surfar, e a Costa Rica é o lugar ideal. Ondas pequenas e mar quentinho, lindo paraíso”, conta. Fernanda viajou para lá, pela primeira vez, no ano passado. Paixão à primeira vista, voltou em março deste ano por dez dias, com a amiga Florinha Arruda Botelho.

Surf point: Fernanda surfando em Avellanas - Foto: reprodução Bazaar
Surf point: Fernanda surfando em Avellanas – Foto: reprodução Bazaar

Escolheu fincar os pés novamente em Avellanas, “Little Hawai”, uma das praias da província de Guanacaste, na costa do Pacífico. “A natureza fala mais alto por lá. Pura vida!”

Pôr-do-sol em Playa Negra  - Foto: reprodução Bazaar
Pôr-do-sol em Playa Negra – Foto: reprodução Bazaar

Onde dormir
“Ficamos na Cabina Las Olas, em Avellanas. É um surf camp. Acordar às 6h da manhã todos os dias e atravessar a ponte para chegar à praia é mágico. Para quem quer mais estrutura, há o JW Marriott, ao lado. Vizinho de Avellanas está também o Hotel Playa Negra. A massagem em frente ao mar é uma experiência revigorante.”

Florinha caminha sobre a ponte que leva da Cabina Las Orlas para Avellanas - Foto: reprodução Bazaar
Florinha caminha sobre a ponte que leva da Cabina Las Orlas para Avellanas – Foto: reprodução Bazaar

Onde comer
“Em Avellanas, o restaurante/bar Lola’s é o point de todos os dias. Sua maior atração? Lola, uma porca gigante que mora por lá. O top restaurante da região é o Villa Deevena, que também funciona como pousada, na Playa Negra, chiquérrimo e melhor do que qualquer restaurante em São Paulo. Patrick Jamon, o chef, trabalhou na Casa Branca, em Washington. Espere o alto nível da cozinha francesa e carta de vinhos excepcional. Leve o pretinho básico, porque a noite promete!”

Na mala: bolsa Roxy (R$ 299), tênis Superga (R$ 250) e top Cia. Marítima (R$ 268) - Foto: reprodução Bazaar
Na mala: bolsa Roxy (R$ 299), tênis Superga (R$ 250) e top Cia. Marítima (R$ 268) – Foto: reprodução Bazaar

Best beaches
“Avellanas é ótima para iniciantes. Para quem vai com filhos, recomendo procurar meu professor, Mauricio, na Avellanas Surf School. Playa Negra é outra boa opção, QG para se ver o pôr-do-sol. Se quer mais agito, Tamarindo fica a 30 minutos de carro e tem inúmeros restaurantes, bares, boates e pizzarias. Se for ficar mais tempo, vale a pena ir para o sul, para a praia de Santa Tereza, e se hospedar no resort Flor Blanca, principalmente para casais em lua-de-mel. Para outros tipos de amantes, os do surfe, recomendo as ondas de Roca Brujas.”