Patricia Bonaldi - Foto: Divulgação
Patricia Bonaldi – Foto: Divulgação

Em depoimento a Sylvain Justum

08:00
Não costumo acordar muito cedo, pois durmo tarde, nunca antes da 1h. Sou muito elétrica e mais criativa à noite.

08:30
Tomo uma ducha para acordar, lavo o rosto com sabonete Fisiogel e sento para um café da manhã rápido, preparado pela Edna, que é praticamente meu anjo da guarda alimentar. Edna é chef e faz sempre um suco verde, sagrado, todo dia, pois tenho alergia a leite. Tiramos pão da minha dieta, então, costumo comer uma torradinha integral com queijo branco.

09:00
Respondo e-mails e mensagens no Whatsapp, para não acumular. Reforço as tarefas das pessoas mais próximas, que trabalham comigo, assim dou o start no dia antes de ir à academia.

11:00
Caminho até a Bodytech, nos Jardins, onde me exercito com o personal trainer Marcio Lui. Faço sempre algum exercício aeróbico e um treino de musculação mais leve, para tonificar, sem crescer. Marcio cuida do shape de Sabrina Sato e Alessandra Ambrosio, estou em boas mãos, portanto.

12:00
Volto para casa, tomo banho e visto um dos meus “uniformes”. Minha agenda em São Paulo – me divido entre Uberlândia (de segunda a quinta) e a capital paulista (de quinta a domingo) – é muito intensa, então, escolho sempre looks bem versáteis. Tenho uns cinco vestidos que me acompanham direto, pretos, fáceis de usar, alguns são da Zara. Calço um dos muitos sapatos Valentino da minha coleção para construir um perfeito hi-lo. Não sou uma pessoa extremamente fashionista e não gosto de nada muito complicado no dia a dia. Amo preto, e não me sinto bem usando calças. Sou simples, básica e prática, apesar da riqueza de detalhes nas minhas criações. Antes de sair, passo o filtro solar Normaderm Vichy, rímel da Maybelline e o blush All Day, da M.A.C.

12:30
Vou para a loja, a duas quadras de casa, a pé –por isso os Valentinos de saltos baixos, sempre, ou flats. Dou uma geral em tudo: checo a vitrine, converso com as vendedoras e a gerente

13:30
Meus compromissos em São Paulo envolvem sempre a assessoria de imprensa, parceiros e fornecedores. Ultimamente, tenho participado ativamente de contratações, pois estamos em período de expansão

15:00
Vou para casa almoçar a comida da Edna. Ela é ótima, faz a quantidade certa para eu comer. Nem mais, nem menos. Como de tudo. Geralmente, Edna prepara algum grelhado, legumes e arroz integral. E deixa sempre uma sopa pronta para a noite. Gosto de comer, fico de mau humor se como mal, mas não exagero. Quando tenho um tempinho, pego a Tisha, minha yorkshire, para um passeio. Se não, a levo para a loja. Ela odeia.

16:00
Volto para a loja e para a rotina de entrevistas, compromissos e, quase sempre, eventos à noite. Como não fico muito em São Paulo durante a semana, concentro muita coisa, agenda social e de business, em dois dias. A criação e o estilo deixo em Minas Gerais. Preciso de outra atmosfera para me inspirar. Sou muito acelerada aqui em São Paulo, não consigo me concentrar, preciso mudar o ritmo, a sintonia, a frequência. Funciono sob pressão e abuso das massagens para aliviar o estresse.

20:00
Nunca paro de trabalhar antes desse horário. Às vezes, me estendo até as 22h. Em dias mais calmos, vou pra casa, mas não vejo nada na TV, a não ser The Voice. Luis, meu marido, é o oposto: tranquilo, gosta de assistir a qualquer programa. Eu prefiro colar no iPhone. É a melhor ferramenta que já inventaram. Faço tudo nele. Nunca tive rede social e não me dava bem com celulares antes do iPhone. Hoje uso muito, sobretudo Instagram e Whatsapp. Já finalizei uma coleção por Whatsapp, quando estava presa na cama por causa de uma operação. Não tenho Facebook, não sei nem entrar. Eu mesma posto coisas da minha conta pessoal no Instagram. Gosto de olhar as fotos e interagir com as pessoas. Também leio bastante, no sofá, principalmente filosofia e psicologia. Eu me cobro para ser um pouco mais profunda e menos superficial. É uma armadilha do mundo da moda. Atualmente, estou lendo O Livro da Psicologia, que junta diversos autores. Ajuda a me manter centrada. Gosto de exercitar o autoconhecimento. Também tenho lido a biografia da filósofa e cientista política Hannah Arendt, mais densa.

00:00
Tomo a sopa que Edna deixou pronta e, depois, um chá antes de me deitar. Meu ritual de beleza pré-cama se resume a um creme anti-idade da SkinCeuticals e só. Em matéria de cosmética, menos é mais para mim.