Foto: Harper's Bazaar UK Fevereiro/ 2017
Foto: Harper’s Bazaar UK Fevereiro/ 2017

Os cuidados com a saúde bucal são fundamentais para evitar alguns problemas, desde os mais comuns, como cáries, mau hálito e manchas, até os mais sérios. “No entanto, muita gente acaba adiando a visita ao dentista e ao invés de buscar a prevenção, só procura um profissional quando há sinais de que algo não vai bem”, explica o dentista Mario Groisman, Mestre em Ciências Dentais pela Universidade de Lund, na Suécia, que listou seis dicas para quem deseja ter um sorriso sempre saudável e bonito.

 

Juliana Paes e Isis Valverde - Foto: Instagram
Juliana Paes e Isis Valverde – Foto: Instagram

1 – Escove corretamente os dentes

O jeito certo de escovar os dentes é começando pelos últimos de cima, do lado direito e pela superfície interna, seguindo até o lado esquerdo e fazendo um movimento de “varrer”; depois para a superfície externa dos dentes, iniciando agora pelo lado esquerdo e terminando no direito, sempre com o mesmo movimento. “É importante escovar atrás dos últimos dentes e passar a escova na superfície de cima de todos eles. Também é muito saudável escovar a língua, o que pode ser feito varrendo a placa bacteriana da sua superfície”, ensina.

 

2- Escolha a melhor escova

Escolher uma boa escova é essencial. O melhor tipo deve apresentar pontas arredondadas para não ferir a gengiva, cerdas de nylon macias e agrupadas em tufos, superfície da parte ativa plana, cabeça pequena para alcançar até os últimos dentes e deve ser trocada em um período de aproximadamente três meses. A escovação correta deve durar, no mínimo, dois minutos.

 

3 – Use o fio dental

Muita gente fica na dúvida se deve passar o fio dental antes ou depois da escovação. Para complementar a limpeza, o fio dental deve ser usado diariamente, principalmente antes da última escovação noturna, sendo passado entre todos os dentes (superiores e inferiores) e atrás dos últimos, que, pela maior dificuldade de higienização, costumam ser os mais atacados pela cárie e merecem cuidado especial. “O fio dental entra em contato com superfícies não alcançadas pela escova, daí a sua importância”, diz.

 

4 – Use a quantidade certa de pasta de dente

É importante saber também a quantidade de pasta de dente a ser usada. Não é preciso muito. Pelo contrário, o excesso pode levar a um desgaste indesejado da estrutura do dente. O uso de enxaguantes bucais é outra dica, desde que haja a orientação de um dentista.

 

5 – Coma alimentos benéficos para os dentes

Além de todos os cuidados periódicos, a alimentação também merece uma atenção especial, já que alguns alimentos são inimigos dos dentes e deixam a boca mais vulnerável à colonização de bactérias. Entre os que fazem bem estão os mais fibrosos, como maçã e cenoura, que ajudam parcialmente na limpeza dos dentes. Já o consumo em excesso de alimentos ricos em carboidratos é prejudicial, assim como os que contêm pigmentos, como café, chá, vinho tinto, coca-cola, açaí, que devem ser evitados.

 

6- Consulte o dentista regularmente

O mais importante é procurar um especialista para fazer um exame bucal completo sempre que surgir qualquer alteração na cavidade oral. Ainda que não haja aparentemente nenhum problema, a indicação é fazer uma visita ao dentista a cada seis meses para cuidar da prevenção e, se necessário, iniciar precocemente o tratamento.