Michelle Boccalato - Foto: Raphael Briest
Michelle Boccalato – Foto: Raphael Briest

Por Carolina Maggi

Michelle Boccalatom nunca pensou em seguir outra carreira que não a de arquiteta.Também nunca se afastou da natureza, mesmo após trocar Campo Grande (MS), onde nasceu, por São Paulo, aos 2 anos de idade. Hoje, podemos dizer até que as plantas, as árvores e as flores são elementos centrais de seu trabalho – e também aqueles que a reconectam com suas origens.

Formada pela Faculdade Belas Artes de São Paulo, Michelle trabalhou com pintura especial, passou pelas equipes de alguns escritórios da área, até que decidiu abrir o próprio negócio. “Sempre sonhei em ter meu próprio espaço”,confessa ela.“Após alguns cursos de paisagismo e a possibilidade de novos clientes, resolvi encarar um novo caminho.”

São 14 anos de Officina di Casa, seu escritório de arquitetura e paisagismo, que já imprimiu a assinatura de Michelle em algumas áreas da cidade.“São Paulo tem muitas regiões com planejamento urbanístico, áreas onde o paisagismo acontece”, conta ela, que participou de um projeto de reurbanização do bairro da Vila Olímpia.“É gratificante ver pessoas passarem e interagirem com áreas comuns criadas por mim.”

E já que arquitetura e moda são duas áreas que basicamente caminham juntas, seu guarda-roupa é reflexo de sua visão criativa.“Não sigo a tendência do momento e sempre expresso minha identidade por meio da roupa.” Por isso, investe em acessórios diferenciados, que dão personalidade ao look, como cintos e colares de sementes, osso ou madeira. “Tenho estilo despojado e, no trabalho, gosto de usar calças e camisas de linho ou algodão bordadas, jeans, pantalonas, malhas trançadas, coletes com bolsos e capas. Preciso ser versátil para poder ir do Ceasa ao encontro com clientes”, entrega ela, apaixonada por marcas como Richard’s, Ralph Lauren, Osklen, Mixed,Tod’s e Burberry.