Busca Home Bazaar Brasil

Diane von Furstenberg é símbolo do empodeiramento feminino

Estilista, que completa 71 anos, apoia mulheres muito antes do assunto entrar na moda

by Carol Hungria
DVF e seu icônico wrap dress - Foto: Getty Images

DVF e seu icônico wrap dress – Foto: Getty Images

Diane von Furstenberg é estilista de moda belga-americana, mais conhecida por suas iniciais, encurtadas para DVF, e seus icônicos wrap dress. Símbolo do empodeiramento feminino muito antes do assunto estar em pauta, ela completa 71 anos nesta segunda-feira (31.12).

Diane foi batizada Diane Simone Michelle Halfin, filha de pai romeno e mãe judia grega (uma sobrevivente do Holocausto) em 1946. Educada em Bruxelas, na Bélgica, aos 18 anos frequentou a Universidade de Madri, se transferindo depois para a Universidade de Genebra, na Suíça.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

DVF com seu primeiro marido, Egon - Foto: Getty Images

DVF com seu primeiro marido, Egon – Foto: Getty Images

Foi lá que conheceu seu primeiro marido, o príncipe Egon zu Fürstenberg, filho alemão mais velho do príncipe Tassilo zu Fürstenberg e sua primeira esposa, Clara Agnelli, herdeira da fortuna da Fiat.

DVF e seus dois filhos, em Nova York - Foto: Getty Images

DVF e seus dois filhos, em Nova York – Foto: Getty Images

Eles se casaram em 1969, se mudaram para Nova York e tiveram dois filhos – um filho, o príncipe Alexandre von Furstenberg, e uma filha, a princesa Tatiana von Furstenberg. Eles se separaram amigavelmente três anos depois, em 1972, mas ela manteve o sobrenome do ex-marido.

Ela começou a desenhar roupas em 1970. Embora não tivesse necessidade financeira de trabalhar graças ao seu casamento, ela afirmou que ela ansiava pela independência. “No minuto em que soube que estava prestes a ser a esposa de Egon, decidi fazer uma carreira. Queria ser alguém no mundo, e não apenas uma menina simples que se casou bem”, disse em entrevista ao “New York Times”, em 1977.

Ela criou seu vestido batizado de wrap dress em 1972, inspirada em um look de separates usado por Julie Nixon Eisenhower. Em 1975, ela fabricava 15.000 dos vestidos semana. “Eu tinha um produto muito realista, meu wrap dress, que era realmente um uniforme. Era apenas um simples vestido de jersey de algodão que todas amavam e todos usavam “, disse à “New York Magazine”, em 1988. “Aquele vestido vendeu cerca de 3 ou 4 milhões de unidades. Eu andava nas ruas e via 20 ou 30 mulheres usando a peça – e todos os tipos de mulheres diferentes. Foi muito bom. Jovem e velha, gorda, magra, pobre e rica”.

Devido ao seu apelo de grande alcance, o wrap dress ganhou status de símbolo da libertação das mulheres nos anos setenta. “É mais do que apenas um vestido; é um espírito”, disse DVF ao “The Independent, em 2008. “O wrap dress foi um fenômeno interessante cultural, e que durou 30 anos. É como uma toga, é como um quimono, sem botões, sem um zíper. O que fez meus vestidos diferentes é que eles foram feitos de jersey e esculpiram o corpo”.

DVF na capa da "Newsweek" - Foto: Reprodução

DVF na capa da “Newsweek” – Foto: Reprodução

Ela apareceu na capa da “Newsweek” em novembro de 1976, apontada como um ícone de libertação feminina.

DVF recebe prêmio do CFDA - Foto: Getty Images

DVF recebe prêmio do CFDA – Foto: Getty Images

Em 2005, o conselho de estilistas de moda da américa (CFDA, na sigla em inglês) concedeu a ela um prêmio pelo conjunto da obra e, no ano seguinte, a nomeou como sua presidente.

DVF apresenta o The DVF Awards - Foto: Getty Images

DVF apresenta o The DVF Awards – Foto: Getty Images

Daine lançou o Prêmio DVF em 2010, uma iniciativa que reconhece mulheres que têm impacto positivo na vida de outras mulheres em todo o mundo. Com o apoio da Fundação da Família Diller-Von Furstenberg, cada homenageado recebe um prêmio de US$ 50.000 da Fundação para sustentar e expandir suas contribuições extraordinárias. “As mulheres nunca deixam de me impressionar e inspirar”, disse a estilista, “e estou muito feliz em criar esses prêmios para homenagear e recompensar sua liderança e dedicação ao avanço das mulheres”.

Bravo, Diane!

Leia mais:
Veja as 10 grandes mudanças da indústria da moda em 2018
DVF cria wrap dress para a Minnie
DVF bane pele de animais em coleções