Sobre a mesa de jantar projetada pelos arquitetos da Tamanduá Bandeira, Lise Grendene veste camisa Kenzo, short My Philosophy e óculos Ray-Ban - Foto? Beto Gatti/ Harper's Bazaar Brasil
Sobre a mesa de jantar projetada pelos arquitetos da Tamanduá Bandeira, Lise Grendene veste camisa Kenzo, short My Philosophy e óculos Ray-Ban – Foto: Beto Gatti/ Harper’s Bazaar Brasil

Por Catrina Carta

A primeira peça de decoração que Lise Grendene comprou na vida foi uma cadeira Ovo, o clássico dos anos 1960, de Peter Ghyczy. Lise tinha 16 anos e decorou, com ela, o quarto da casa em que morava com os pais. Agora, finalmente, seu xodó foi transferido para uma casa só sua: o apartamento recém-reformado da paranaense e cidadã do mundo, em Ipanema, endereço escolhido para ser sua base no Brasil. Lise, que há dois anos vive em Londres, escolheu o Rio como lar: “Nasci em Curitiba, mas vivi minha infância e adolescência aqui, adoro a cidade e tenho muitos amigos cariocas”.

Na cadeira Ovo, de Peter Ghyczy, Lise usa camisa Issey Miyake e calça de couro Roberto Cavalli. No colo, o lulu da Pomerânia Johnny Depp e na foto da direita cômoda de madeira vintage, quadro e esculturas presentes do pai - Fotos:Beto Gatti/ Harper's Bazaar Brasil
Na cadeira Ovo, de Peter Ghyczy, Lise usa camisa Issey Miyake e calça de couro Roberto Cavalli. No colo, o lulu da Pomerânia Johnny Depp, e na foto da direita cômoda de madeira vintage, quadro e esculturas presentes do pai – Fotos:Beto Gatti/ Harper’s Bazaar Brasil

Um retrato seu, pintado em 2009 pelo italiano Lucio Salvatore para a série One Blood, na qual o artista usa o sangue dos próprios retratados para criar a imagem, também é parte fundamental da decoração do novo espaço, pendurado na coluna de concreto que divide o closet de seu quarto, um aquário no meio da sala, com paredes de vidro e cortinas blackout. “Derrubei todas as paredes e transformei o espaço em um loft, para ficar mais moderno. Ficou perfeito para uma pessoa sozinha, um casal e até mesmo uma pequena família”, explica a bela, que, atualmente, namora o empresário e it-guy russo Aliosha Garber.
“Por enquanto, não pretendo voltar definitivamente, mas minha conexão com o Brasil é forte e gosto de ter meu canto aqui, para vir sempre que quiser”, explica Lise, que tem, ao todo, sete irmãos, um por parte de mãe, a atriz Lisa Grendene, e seis do pai, o empresário Alexandre Grendene, dono da gigante de calçados que leva seu sobrenome.

 Lise usa camisa Kenzo vintage e brincos Sibilia  - Foto: Beto Gatti/ Harper's Bazaar Brasil
Lise usa camisa Kenzo vintage e brincos Sibilia – Foto: Beto Gatti/ Harper’s Bazaar Brasil

O apurado senso estético de Lise já é bastante conhecido entre amigos. Suas produções, invariavelmente, misturam o clássico e o moderno. Em um look com camisa de seda, calça cigarette de cintura alta, sapatos tipo Oxford e 2.55 Chanel, por exemplo, dá o twist com brincos e anel handmade, cheios de textura, da argentina Sibilia. Na hora de decorar a casa nova, portanto, não foi diferente. As paredes, de concreto aparente, contrastam com as lâmpadas garimpadas em Londres e penduradas sobre a mesa de jantar, produzida com tapumes de madeira pink e tampo de vidro pelos arquitetos da Tamanduá Bandeira. A cômoda de madeira, com jeitão de peça de fazenda, foi pintada de azul com losangos em preto e branco em cada gaveta. Sobre ela, um grande quadro de moldura cinza e esculturas de ferro, presentes dos pais.
As peripécias de Lise pelo globo começaram cedo. Aos 10 anos, deixou Porto Alegre rumo ao Rio de Janeiro, com a mãe, depois da separação dos pais. Desde então, não parou mais. Aos 13, passou um ano no Tasis, colégio interno no interior da Inglaterra. De volta ao Rio, completou o ensino fundamental, formou-se em Filosofia na PUC e zarpou para Nova York, onde trabalhou como modelo e fez alguns cursos de moda e atuação. Mudou-se para Paris para estudar francês e, de lá, foi para Milão fazer pós-graduação em Moda, no Istituto Marangoni. Foi para Londres depois de um convite para fazer parte da equipe de designers de Vivienne Westwood.

Lise com a máscara criada por seu amigo Ricardo Torres e à direita bolsa Issey Miyake, óculos Isabel Marant e pulseiras Francesca Romana – Foto: Beto Gatti/ Harper's Bazaar Brasil
Lise com a máscara criada por seu amigo Ricardo Torres e à direita bolsa Issey Miyake, óculos Isabel Marant e pulseiras Francesca Romana – Foto: Beto Gatti/ Harper’s Bazaar Brasil

Em sua rotina globetrotter, Lise garimpa peças em brechós, principalmente acessórios. “Adoro bolsas e bijuterias vintage, como as de Yves Saint Laurent, Chanel e Gucci. Assim como nos looks, gosto de mixar clássicos com peças mais modernas de Isabel Marant, Kenzo, Topshop e H&M, por exemplo.” Seu bom gosto fashion e seu lifestyle inquieto agora podem ser aprecia¬dos no blog que leva seu nome. Lá, dá dicas de moda, beleza, gastronomia e, claro, viagens. “Era um projeto antigo que se concretizou agora, depois de muitos amigos me incentivarem. É trabalhoso, mas estou adorando fazer!”
Além de Lise, o blog conta também com posts sobre nutrição, assinados pela amiga Bela Gil e pela “naturopata” inglesa Dra. Rhian Stephenson, famosa por criar tratamentos personalizados à base de acupuntura, alimentação balanceada, ervas medicinais e desintoxicação para top pacientes. A seção DYP (Do Your Part) divulga ONGs do mundo inteiro. “Em Londres, apoio a WWF e a Save The Children.” Suas andanças pelo mundo também são documentadas.A bela dá dicas de destinos tão díspares quanto Sardenha, St. Barths e Tel Aviv. Para viajar com ela.