Busca Home Bazaar Brasil

Sete endereços clássicos de São Paulo para comer x-egg

Nossa colunista Roberta Lowndes lista seus lugares preferidos da cidade

by redação bazaar
X-egg - Foto: Divulgação

X-egg – Foto: Divulgação

Por Roberta Lowndes

O clássico sanduíche americano também conhecido na padoca por x-egg. O que vem nele? Ovo frito!

É parte inerente do café da manhã gringo os ovos sempre deliciosamente acompanhados com bacon. E nada mais autêntico que aqui na nossa padoca eles fossem parar dentro do pãozinho francês e serem batizados como sanduíche americano.

Como não poderia deixar de ser, em um movimento do café da manhã para o almoço, como é adorado nas terras ianques, o brunch (breakfast + lunch) o casamento perfeito entre café da manhã e almoço, para quem acordou tarde ou despertou morrendo de fome, o ovo migrou do clássico sanduíche para o hambúrguer, nada mais natural e americano.

Voltando lá nas nossas origens temos o nosso filé à cavalo tradicional português e também precursor da linhagem do hambúrguer à cavalo. Pois não? Agora lá está ele, o ovo com sua gema vibrantemente amarela, seduzindo nossos olhos, sendo agora a vedete do Egg Burguer!

Adoro ir às hamburguerias mais tradicionais da cidade, que têm aquela lista deliciosa de acompanhamentos, quanto mais adicionais, melhor: cheese bacon egg salada maionese, um clássico!

Chico Hambúrguer, desde 1963 – Moema – Av. Ibirapuera, 1753
Osnir, desde 1969 – Jabaquera – Av. Jabaquara, 538
Dizzy, desde 1969- Vila Maria – Praça Santo Eduardo, 206
New Dog, desde 1967 – Itaim Bibi – R. Joaquim Floriano, 254
Oregon, desde 1967 – Pinheiros – R. dos Pinheiros, 1146
Seu Oswaldo, desde 1966 – Ipiranga – Rua Bom Pastor, 1659
Joakins, desde 1965 – Itaim Bibi – R. Joaquim Floriano, 163

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

X-egg - Foto: Divulgação

X-egg – Foto: Divulgação

Receita

Ingredientes para o hambúrguer
180g de carne de novilho moída (experimente um blend de acém e peito com 20% de gordura, veja mais detalhes aqui)
Salsa picada a gosto (opcional, nós não recomendamos o uso da salsa na carne)
1 colher de chá de sal (use sal apenas na hora de grelhar)

Ingredientes para o molho barbecue
50g bacon
1 cebola
2 dentes de alho francês
2 tomates em rama
3 colheres de chá de vinho branco
3 colheres de chá de vinho tinto
30ml de uísque
Azeite de oliva a gosto
500ml de ketchup
125ml de água
15ml de vinagre
25g de açúcar mascavo
Molho inglês a gosto

Modo de preparo
Caramelizar em azeite o bacon, a cebola, o alho francês e o tomate por cerca de 20 minutos. Adicionar o açúcar e o vinho branco e deixar cozinhar por mais 10 minutos em fogo médio. Adicionar a água, o ketchup, o uísque, o vinagre, o molho inglês e o vinho tinto e deixar reduzir pela metade o volume em fogo baixo, mexendo sempre. Em seguida deve-se coar, esperar esfriar a armazenar em embalagens vedadas.

Ingredientes para a cebola refogada
1 kg cebola roxa
25ml de vinagre balsâmico
100g de açúcar

Modo de preparo
Cortar cebola roxa em finas rodelas e levar ao fogo com azeite, até que as cebolas fiquem douradas, colocando o açúcar por cima até caramelizar em fogo baixo. Em seguida acrescentar vinagre balsâmico e deixar ferver até a cebola ficar crocante.

Guarnições
Rúcula, agrião, rodelas de tomate, queijo cheddar e bacon grelhado em tiras e um ovo frito.

Leia mais:
Smore’s: aprenda a fazer uma “gordice” de marshmellow
Depois do naked cake, conheça o naked sandwich
Sete hamburguerias que você precisa conhecer em Pinheiros