Tommy Hilfiger com Lewis Hamilton, parceiro de longa data da marca – Foto: Divulgação

A Tommy Hilfiger apresenta o People’s Place Program, uma plataforma de três pilares com um compromisso mínimo inicial de US$ 5 milhões em financiamento anual para os próximos três anos, que buscará promover a representação de negros e indígenas nas indústrias da moda e da criatividade.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Centrado em parcerias, acesso à carreira e liderança na indústria, o programa busca obter mudanças consistentes e de longo prazo.

Parcerias e representação

A Tommy se compremete em aumentar o fluxo de talentos diversificados, concentrando-se em colaborações direcionadas a propósitos que melhorem especificamente a visibilidade das minorias, e isso em parceria com organizações e pares criativos cuja missão é promover a representação e a equidade da comunidade negra e indígena na indústria da moda.

Suporte de carreira e acesso à indústria

Para promover a representação de comunidades minoritárias nas indústrias da moda e da criatividade, a marca usará seu conhecimento e recursos para garantir oportunidades de carreira, fornecendo acesso a informações ou materiais físicos, consultoria especializada, apresentações na indústria e muito mais.

Liderança na indústria

Para aumentar a representação em todos os níveis, a Tommy Hilfiger se comprometerá com análises amplas e independentes da diversidade, da equidade e da inclusão na indústria da moda e trabalhará no sentido de criar planos de ação concretos para uso interno que também podem ser compartilhados com a indústria da moda de uma forma geral.