Foto: Divulgação

Provar uma culinária em seu país de origem é a melhor maneira de garantir a experiência completa na hora de experimentar cada prato. Uma receita com os ingredientes e modo de preparação tradicionais tem um sabor completamente diferente do que o encontrado em qualquer outro lugar, principalmente quando o prato em questão faz parte da história local, com uma receita específica e complexa.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

A culinária asiática é uma das mais ricas e interessantes, sendo, inclusive, muito popular no Brasil. Além disso, os países que fazem parte desse continente contam com culturas muito diferentes, o que resulta em experiências gastronômicas variadas, de acordo com a região visitada.

Quando o assunto é comida asiática, vêm à cabeça principalmente pratos da culinária chinesa e japonesa, que, apesar de serem muito saborosos, não contemplam todas as regiões desse rico continente. Conheça três destinos para provar pratos ricos após a pandemia.

Turquia

A Turquia é um país da Ásia Ocidental com uma culinária rica em massas, vegetais e carnes, além dos famosos doces turcos. O consumo de industrializados é reduzido, com processos caseiros para secar e hidratar diferentes alimentos. O pão – como o simit, um pão em círculo coberto por gergelim – é um dos protagonistas dessa culinária, aparecendo em todas as refeições.

Foto: Christine Siracusa/Unsplash

O kebab, um pão com carne e salada, o ayran, bebida feita de iogurte, sal e água, e o mantu, massa similar ao ravioli, são alguns dos pratos encontrados no local.

Ao viajar para a Turquia, é importante ter em mente que eles são pouco abertos à culinária internacional. Assim, pode ser difícil encontrar restaurantes com pratos de culinárias de outros lugares, fator que pode ser complicado, especialmente para quem não está acostumado com os pratos típicos do local, ou que deseja outras opções durante a estadia. De qualquer forma, para quem aprecia a culinária local e não se importa com esse ponto, é possível aproveitar muito.

China

Foto: Pooja Chaudlhary/Unsplash

A comida chinesa já tem fama no Brasil, graças a pratos como lamen chinês e rolinho primavera. Apesar disso, os pratos típicos deste país, localizado na Ásia Oriental, são variados e contam com uma base que varia de acordo com a região, mas incluem peixes e outros frutos-do-mar, massas e alguns vegetais, por meio de pratos que vão desde o adocicado até sabores apimentados.

Essa culinária, apesar de muito difundida no resto do mundo, inclui pratos considerados exóticos por estrangeiros, que nem sempre entendem a história ou tradição por trás daquele alimento. Entre os pratos mais famosos estão o caranguejo cozido no vapor, o Yang Zhou Chao Fan, um tipo de arroz frito com acompanhamentos, além de sopas variadas, como caldo de alho-poró e sopa de bolinho de peixe.

Rússia

Foto: Artiom Vallat/Unsplash

A Rússia é um país da Ásia Setentrional que conta com uma culinária rica e diferente. Assim como a China, os pratos de acordo com cada região variam, principalmente por conta de seu grande território.

O frio da região é um dos fatores que mais influenciam a culinária local, que conta com ingredientes que dão a energia necessária para o organismo controlar  a temperatura corporal. Assim, é comum o consumo de pratos com carboidratos e gorduras, além de sopas e caldos, com pouco uso de legumes crus.

Os sabores são fortes e interessantes, contando com sabores principalmente azedos e agridoces. O pelmeni, uma massa recheada com diversos tipos de carne; o borscht, uma sopa de beterraba servida quente e acompanhada de um creme; e o kholodets, um tipo de gelatina de carne, estão entre os pratos tradicionais do país.