Foto: Agência Fotosite
Foto: Agência Fotosite

por Lucas Boccalão

Nesse sábado (28.05) aconteceu o desfile da Cruise Collection 2016/2017 da Louis Vuitton no Museu de Arte Contemporânea em Niterói, Rio de Janeiro. Para essa coleção, Nicolas Ghesquière, quase como numa retrospectiva à tudo que já fez, revisita os principais ícones da sua estética. Roupa de mergulho, paraquedismo, os motivos vitorianos que tanto ama, esporte e performance. E agora o Rio de Janeiro. Num liquidificador de referências, o primeiro bloco é claramente inspirado nas curvas de Oscar Niemeyer e o exercício se desdobra durante toda a apresentação, com corte e recortes em saias com as linhas sinuosas e orgânicas do arquiteto brasileiro. As passagens com babados estruturados e peitoral vão pelo mesmo caminho, atualizando as referências vitorianas de coleções passadas. O que traz tudo isso para o futuro, ou melhor, presente? A pesquisa de materiais, as texturas que desafiam o olhar – como os os paetês reflexivos e o náilon combinado ao couro ultrafino. Destaque para a estampa de futebol, os sapatos e bolsas muito bem humorados. A sandália-bota, com sola exagerada e contorno aerodinâmico, já é promessa de hit aqui ou em qualquer lado do globo. Quer jeito mais fresco e elegante de atualizar a rasteirinha da carioca?

Leia mais: Nosso editor at large Dudi Machado bate um papo com Michel Gaubert
A Cruise Collection 2016/17 da Chanel, apresentada em Cuba