Giorgio Armani Privé - Alta Costura - Verão 2013/Fotos: Marcio Madeira

Um olhar de um cidadão do mundo. Foi com essa premissa que Giorgio Armani apresentou sua coleção de alta costura na temporada de verão 2013 de Paris, nesta terça-feira (22.01).

Batizada pelo designer de Ecos da Etnia, a coleção é toda composta por materiais que, à distancia parecem rústicos, mas, na realidade, são o mais típico luxo da produção europeia. Bordados, chapéus, efeitos sanfonados e padronagens geométricas ajudam a criar o jogo de ilusão de Armani, que mistura referências étnicas como as japonesas, as tailandesas e as marroquinas, numa linguagem inusitada para a alta-costura parisiense.

As calças dominam a coleção, combinadas a tops e casaquetos curtinhos, num exercício impecável de alfaiataria. Alguns tecidos chegam a lembrar ráfias, enquanto acessórios tribalistas enfeitam os looks do desfile. A volta ao mundo de Armani é finalizada por uma série de longos vermelhos de perfume oriental, tão impactantes quanto as celebs que devem usá-los nos próximos red carpets.