À esquerda, look de inverno 2013 da passarela da Proenza Schouler; à direita, cena do filme Flores do Oriente - Fotos: Reprodução/Harper's Bazaar

A influência do Oriente já é bem conhecida e utilizada no mundo da moda desde os tempos da Primeira Guerra. Impulsionada pelo Ano do Dragão no calendário chinês, ela surge fresca e repaginada na temporada internacional de inverno 2013, graças a grifes como Dries Van Noten e Proenza Schouler. Ambas souberam traduzir as referências orientais com prints que ressaltam fauna e flora locais, além de recortes e texturas totalmente novos.

Clutch bordada da grife italiana Corto Moltedo - Fotos: Reprodução/Harper's Bazaar

Em paralelo, Jason Wu leva as modelagens tradicionais da China a um nível mais moderno e desejável, com a festejada coleção inspirada na dinastia Qing. Para quem quer aderir aos poucos à nova mania, os acessórios com motivos orientais são ótima pedida.