Foto: Agência Fotosite
João Pimenta, verão 2019 – Foto: Agência Fotosite

Depois da temporada de moda internacional, onde o “Yellow Fever” invadiu o estilo dos fashionistas, a cor que faz presença na passarela do São Paulo Fashion Week N46 é o azul. Nos seus diversos tons, a cor aparece em camisas, vestidos, saias e até nos looks masculinos. Apostar no street style e até em visuais para eventos noturnos é a pedida certa para usar o tom. Veja a seguir as três vezes em que a “Blue Fever” apareceu na passarela:

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM 

Foto: Agência Fotosite
Foto: Agência Fotosite

A Osklen abusou do azul. Com uma pegada dos figurinos dos filmes de Wes Anderson, Oskar Metsavaht olhou para os oceanos para falar sobre sustentabilidade. Transparência, camadas e o plissado enriqueceram os looks da marca.

Foto: Agência Fotosite
Foto: Agência Fotosite

A camisa de seda azul com gola em laço é de Reinaldo Lourenço. O estilista se inspirou no filme “A Garota da Motocicleta” de 1968, com a atriz Marianne Faithfull. Peças no estilo motocross e a mistura dos anos 1960, 1970 e 1990, serviram para a construção do desfile.

Foto: Agência Fotosite
Foto: Agência Fotosite

Ronaldo Fraga também trouxe a “Blue Fever” para a passarela. Em peças com modelagens modernas, recortes e bordados no estilo celestial, o azul apareceu em diversos tons.

Leia mais:
Osklen olha para os oceanos no verão 2019
10 coisas que amamos do inverno 2019 de Reinaldo Lourenço
Israel x Palestina: conflito histórico inspiração coleção de Ronaldo Fraga