Uma expressão inédita dos códigos da Dior, a bolsa “Dior Caro” é concebida nos ateliês da maison na Itália, em um savoir-faire que combina a beleza do gesto a materiais únicos. Após as peças em couro de vitelo serem meticulosamente cortadas, se inicia a etapa do matelassê, que exige mais de 18 mil pontos de costura para reproduzir a geometria do padrão ‘cannage’ da Dior.

A bolsa é montada de dentro para fora, e antes que seja ‘virada’ definitivamente, ganha um fecho delicado em metal dourado com “Christian Dior” inscrito. Em seguida, ela recebe os acessórios metálicos, que trazem a preciosa assinatura “CD” nos elos da corrente e no fecho.

Disponível em dois tamanhos, esta bolsa atemporal surge em cores atemporais como preto, cinza, bege e marfim, mas também em tons surpreendentes, da intensidade do vermelho à suavidade do azul-céu, passando pelo verde-menta e tom de rosa.

A Dior Caro pequena também pode ser encontrada em três versões exclusivas, de lã de carneiro, denim bruto ou o hipnótico Tie & Dior, visto na coleção cruise 2021.

Veja mais imagens na galeria: