Busca Home Bazaar Brasil

Estampa de vaca: padronagem do animal conquista a moda

O print vira febre depois que Meghan Markle apostou na tendência

by Silvana Holzmeister
Megahn Markle - Foto: Getty Images

Megahn Markle – Foto: Getty Images

Quando a duquesa de Sussex, Meghan Markle, surgiu, no início de janeiro, usando um par de escarpins de couro de vaca, assinado por Gianvito Rossi, em uma de suas visitas filantrópicas, o detalhe fashionista roubou a cena. Poucos dias depois, foi a vez de Kylie Jenner virar notícia, ao postar uma foto usando maiô com estampa malhada. Era o empurrãozinho que faltava para a padronagem conquistar, definitivamente, lugar de destaque entre as tendências para 2019.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Calvin Klein 205W39NYC - Foto: Divulgação

Calvin Klein 205W39NYC – Foto: Divulgação

Sem aparentar cansaço, a oncinha continua dando pinta dentro e fora das passarelas. Tanto a estampa quanto o couro malhado surgem como evolução do imaginário do caubói, que vem aparecendo em várias passarelas há quase três anos. Nesse período, da Calvin Klein 205W39NYC (ainda sob o comando de Raf Simons) à Christian Dior, que atravessou o Atlântico para desfilar em Los Angeles sua coleção cruise inspirada na pintora Georgia O’Keeffe e no tarô feminista Motherpeace, de Vicki Noble, não faltaram interpretações para um dos clássicos do imaginário norte-americano.

Christian Dior - Foto: Divulgação

Christian Dior – Foto: Divulgação

Dean e Dan Caten, da DSquared, foram dos primeiros a apostar na novidade, incluindo jaquetas e coletinhos crossover na coleção do último Inverno europeu. Já Jonny Johansson, diretor criativo da Acne, reservou a ideia para o masculino e tingiu o couro de laranja para fazer calça e casaco 7/8. Na opinião do WGSN Insider, a tendência cresce enquanto a de outros bichos – cobra, tigre e zebra – perde força. Além da padronagem pouco batida, entram em cena também a valorização e sofisticação do couro bovino no vestuário.

Atenta ao movimento, Victoria Beckham incluiu três peças com a estampa em seu resort 2019, além de bota e bolsa em couro malhado. Empolgada com a novidade, posou para o “The Guardian” usando um conjunto de saia e camisa.

Burberry - Foto: Divulgação

Burberry – Foto: Divulgação

Na sequência, foi a vez de Riccardo Tisci deixar sua assinatura. Em sua estreia como diretor criativo da Burberry, no verão 2019, ele fez minissaias para a linha descontraída da coleção intitulada Kingdom, que celebra a diversidade na cultura britânica. “Eu estava pensando muito em jornadas. Desde a minha volta para Londres, 20 anos depois de ter mostrado minha coleção de graduação aqui, até onde eu cheguei”, conta.

Diane von Furstenberg, verão 2019 - Foto: Divulgação

Diane von Furstenberg, verão 2019 – Foto: Divulgação

Diane von Furstenberg também acreditou na força da vaca para a mesma estação e fez trench-coat estampado, compondo look com vestido de oncinha estilizado.

A proposta segue rumo novamente à estação fria, aparecendo como print no casaco rosé da Christian Dior para o pre-fall inspirado no universo multidisciplinar de Sonia Delunay, rico em trabalhos artesanais do sul da Itália e temperado com referências folk.

Outro termômetro que mostra o fortalecimento da proposta é o street style. Com influenciadoras adotando e postando fotos dos looks criados pelas marcas, o couro e a estampa malhados vão dar, pelo menos, mais um ano de glória para a estética caubói.

Leia mais:
Solte suas feras com estampa de felinos
Moda utilitária é ideal para enfrentar a segunda corrida
Cinco dicas para atualizar o look all jeans e arrasar