Foto: reprodução / Harper`s Bazaar
Foto: reprodução / Harper`s Bazaar

A The Row, comandada pelas gêmeas Mary Kate e Ashley Olsen, já teve dias melhores! A marca está sendo processada por 40 estagiários, que a acusam pelo não pagamento de salários e por trabalharem 50 horas semanais, assim como os profissionais contratados pela empresa. A principal requerente do processo coletivo é Shahista Lalani, que atuou como designer para as irmãs durante cinco meses em 2012. “Fiz o trabalho de três estagiárias, falava com elas todos os dias e todas as noites. Recebia e-mails às 22h, com pedidos para o dia seguinte”, declarou.

De acordo com os documentos apresentados no tribunal de Manhattan, encarregado do caso, a designer respondeu por funções que vão desde o processamento de planilhas e fotocópias, passando por tarefas de costura e modelagem. “Você é como um empregado efetivo, exceto pelo fato de que não te pagam. Quando eu não estava fazendo nada, me pediam para organizar botões ou, mesmo, que limpasse algo. Não tinha pausas de 15 minutos. Me senti exausta com essa pressão.”

Annet Wolf, porta-voz do grupo Dualstar Entertainment, assegurou que desconhece tal processo e se recusou a comentar sobre as práticas da política da empresa