Nadège Vanhee-Cybulski, estilista da Hermès, ao final do desfile – Foto: Divulgação

Por Patricia Carta

O verão 2021 da Hermès, apresentado neste sábado (03.10) em Paris, vem mais livre de referências equestres, marca registrada da maison. Afinal, dias mais quentes virão! Para enfrentá-los, a diretora criativa Nadège Vanhee-Cybulski opta por silhueta perto do corpo, curtos e recortes gráficos ou sinuosos.

Chama a atenção bodies frente-única, ultracavados nas laterais. Assim como faixas/bustiês usadas sob salopettes, ou jaquetas, com saia ou calça trazem frescor e feminilidade. Vê-se brilho nos tubos quadriculados e vazados de couro sobre micro vestidos agarrados, ou finas tiras de couro reluzentes que debruam em quadrados clássicos vestidos retos.

A paleta é suave e delicada, como tudo o mais. Vermelhos fazem contraste com marrom, preto e branco e cores pastel. Looks caquis esportivos e atemporais chegam simples e inimitáveis.

Como recurso de styling, capas com ou sem lapela alongam a silhueta quando sobrepostas a saias bem mais curtas. Esses aventais, termo que a maison julga mais adequado, transformam visuais e ajudam a compor um estilo que só Hermès tem. O que entendemos por chique. Voilà!

Veja na galeria os 10 looks que amamos da coleção: