Fotos: Márcio Madeira

O desfile de inverno 2014 da Moschino, realizado nesta sexta-feira (22.02), na semana de moda de Milão, teve clima escocês, com pitadas de rock n’roll, equitação e western. No liquidificador de referências que se transformou a passarela, Rosella Jardini projeta a imagem de uma princesa em férias no castelo de Balmoral, em Aberdeenshire, onde, atualmente, a família real britânica costuma passar seus verões. Tanto que a coleção ganha o divertido nome M-Shire: Tales of the Moschinoshire.

O lado roqueiro da coleção tem inspiração no estilo dos anos 1990. Na trilha sonora do show, músicas de Oasis, The Verve e Blur ditaram o ritmo. Nas roupas, jaquetinhas perfecto e uma alfaiataria à la David Bowie pronta para a balada. No pot-pourri de universos e tendências, estão lá os peplums, o dueto de preto e branco e franjas apache na camurça. E a musa da coleção é Ann Bonfoey Taylor, rainha do jet-set norte-americano que fazia de tudo um pouco: esquiava, jogava tênis, montava a cavalo e até pilotava aviões.

Todos esses hobbies estão refletidos nas roupas: as calças justas e o chapéu de montaria; os sweaters de ski; as saias plissadas do tênis; e as polêmicas pochetes que Ann adorava usar. A padronagem da vez é, naturalmente, o tartan, que permeia toda a coleção riscando blazers, saias (kilt, claro) e vestidos. Clique para ver looks selecionados do desfile: