Hermès - Inverno 2014

Se alguma marca tem crédito sobre a palavra luxo, esta é a Hermès. E, para a coleção de inverno 2014 da Maison francesa, Christophe Lemaire a definiu da melhor maneira possível, mantendo-se fiel ao seu estilo – algo que vem trabalhando há algumas temporadas, como diretor criativo da grife.

O desfile começa de forma discreta, mas nada boring, com um look de camisa branca e saia volumosa aberta na frente, ambos arrematados por uma capa verde oliva. Daí para frente, silhuetas luxuosas de perfume 70’s dominam a passarela, montada na biblioteca da tradicional escola parisiense, Lycée Henri IV.

Lemaire moderniza a referência retrô com uma paleta de cores fresca, que inclui diversas tonalidades acinzentadas, mescladas a caramelos e vermelhos terrosos. As peles aparecem na coleção, mas o destaque fica mesmo para o couro e a camurça – usados em jaquetas, tops, saias e calças -, que remetem a um espírito equestre bem sútil, também pontuado pelos cintos de montaria.

As produções mais festivas carregam a mesma elegância discreta, como um macacão branco de seda com pequenas tiras de couro, usado por baixo de um mantô de lã preto ou um vestido robe com a cintura marca, ambos de atitude casual, mas inegavelmente chiques.

O último look, um vestido reto de pelo, usado por cima de uma saia um pouco mais comprida, vem para reforçar a proposta de Lemaire para a Hermès – uma coleção repleta de possibilidades deslumbrantes e nada complicadas: o novo luxo.