Fotos: Getty Images

Algo de novo na passarela de Roberto Cavalli para o inverno: estampas felinas e de cobra, típicas da moda do estilista, não aparecem no desfile apresentado neste sábado (23.02), na semana de moda de Milão. Nesta temporada, a proposta é um tanto sombria e misteriosa.

Acessórios de metais e correntes são chave para a coleção, em joias embutidas nas camisas, blusas e mangas. “A ideia é produzir um efeito de armadura sensual”, revela o desginer no backstage da grife.

Os prints, porém, não foram abandonados por Cavalli. Ele aposta, por exemplo, em florais – que decoram calças e vestidos que já despontam como hit da marca. Terninhos adamascados, tubinhos bordados por minipérolas e peles coloridas – a exemplo do que vimos na Just Cavalli, segunda marca do estilista – também mostram força e potencial de vendas. O preto domina a cartela de cores da estação, iluminado com toques de magenta, cobalto e turquesa.

A impressão que fica é que o designer anda mais contido no apelo sexual, dando um tempo em seu instinto animal, investindo agora em um glamour noir bem do elegante. Confira looks selecionados da passarela na nossa galeria: