Isham Sardouk - Foto: Divulgação
Isham Sardouk – Foto: Divulgação

Por Paula Jacob

Isham Sardouk, VP da WGSN Mindset, esteve no Brasil durante o SPFW. Em bate-papo com a Bazaar, ele revelou sua rotina de trabalho, próximas tendências e sua opinião sobre a moda brasileira.

Isham, que já foi Diretor de Design da Victoria’s Secret, Diretor Criativo da Promostyl e ganhou um BFA em Design & Patternmaking, hoje comanda um dos projetos mais respeitados de pesquisa de tendência mundial, o MEGATRENDS.

Francês radicado em Londres, Isham começa suas projeções a partir de pesquisas sobre música, arte, moda e arquitetura, usando dados recentes ou arquivos que possui. Hoje em dia ele leva muito em consideração a inovação da tecnologia e da arquitetura para oferecer sugestões de caminhos a serem seguidos pelos seus clientes. “Nunca colocamos um ponto de vista, normalmente apresentamos quatro macro-tendências para os próximos anos, com updates ao longo dos meses caso precise”, esclarece Sardouk.

“Hoje em dia a moda está pautada na inovação, nas tecnologias dos tecidos (usados em roupas de práticas esportivas) e no street fashion”, diz Isham. Levar em conta o perfil e atitude do consumidor é de extrema importância para seu trabalho, assim ele pode oferecer uma visão 360 do mercado para as marcas e grupos dos quais dá consultorias. “Não é só sobre o como você se veste, é sobre todo seu lifestyle”.

Isham ficou surpreso ao ver durante o SPFW desfiles e convidados com shapes mais amplos, cores mais neutras e mulheres que desceram do salto. “O Brasil sempre foi mais extravagante no jeito de vender a moda, hoje em dia ela está mais internacional”. O cenário nacional está em grande desenvolvimento, novos talentos e novos investidores fazem do cenário algo promissor, “a única falta que sinto da moda aqui, e acredito que isso irá mudar logo, é a expansão para o resto do país e a qualidade das matérias-primas usadas” completa Isham.

“A moda hoje em dia precisa oferecer os cinco sentidos para seu consumidor, uma real imersão na identidade de cada marca” explica. Abaixo as próximas super trends que Isham Sardouk revelou a Bazaar:

Past Modern: o encontro e fusão de tempo linear traz o passado e o futuro com outra relevância, transformando a noção em tempo não linear.
Eco Active: resgate das raízes da existência humana através da preocupação com as causas e efeitos das nossas atitudes.
Soft Pop: mix criativo dos sentidos, que permite a não restrição ao gênero, sexualidade ou etnia, traz temas lúdicos com peso intelectual.
Deep Summer: a curiosidade diante das profundezas do mar, todas as possibilidades de existência não conhecidas ainda e as maravilhas do universo trazem uma vontade de ultrapassar os limites. Materiais raros assumem uma importância única e atraente.

Confira na nossa galeria as imagens inspiradoras de cada tendência: