Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Ícone de estilo, elegância e cultura. Jacqueline Kennedy Onassis foi um marco na história mundial. Como primeira dama e com maestria, adicionou a finesse típica de uma família real ao poder dos Estados Unidos. Jackie mudou a forma como todos viam o país. Mas nem todo o glamour em que a família Kennedy vivia conseguiu esconder os escândalos, as traições, mortes e os problemas políticos que seu marido, o então presidente John F. Kennedy Jr., enfrentava.

Os dois se casaram em setembro de 1953. Em 1961, Kennedy foi eleito presidente dos Estados Unidos e, em 1963, ele foi assassinado. A história trágica do casal e do presidente renderam filmes, livros e documentários. Em 1968, Jackie se casava com magnata grego Aristóteles Onassis. 

Jackie era símbolo do glamour. No seu guarda-roupa existiam as melhores e mais impecáveis peças de alfaiataria, joias com valores inestimáveis e acessórios que até hoje são motivo de furor na moda. A ex-primeira dama usava grifes como Yves Saint Laurent, Christian Dior, Givenchy e Oleg Cassini.

Neste domingo (28.07), ela completaria 90 anos – Jackie morreu em maio de 1994. Para homenageá-la, Bazaar escolheu cinco de suas inúmeras dicas de estilo. Veja a seguir:

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

As joias usadas por Jackie não eram a única maneira que ela escolhia para enriquecer seu visual. O cinto cravejado de pedrarias encheu os olhos dos fashionistas e até hoje é item de desejo.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

O decote canoa é extremamente elegante: ele mostra apenas uma parte do colo feminino, enquanto esbanja informação de moda.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Os óculos escuros eram um must para Jackie. A peça arremata o visual e adiciona mistério no olhar.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

A Yellow Fever tomou conta das passarelas internacionais em 2018, mas, muito antes, Jackie já usava e abusava da cor.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

O par de luvas brancas era um acessório recorrente da americana, principalmente na época em que ainda era casada com Kennedy. Elas adicionam delicadeza no look e representam um pequeno detalhe típico do estilo da monarquia britânica.

Leia mais:
Valentino Garavani e seu legado na moda
Carolina Herrera 80 anos: como a venezuelana revolucionou a moda
Natalie Portman: de psicóloga a ganhadora do Oscar
Oito apresentações de Aretha Franklin que ficaram para a história