Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Por Luigi Torre

A questão sobre a simplicidade na moda é que ela é objetiva. Atua diretamente sobre nossos desejos e necessidades. Não exclui o sonho, tão importante para manter a roda girando. Mas também não depende dele. Não exclui a sofisticação ou requintes do mais alto luxo. Porém, não é também sua essência.

Na verdade, tudo pode coexistir em perfeita harmonia como acaba de nos mostrar Alber Elbaz, com o verão 2015 da Lanvin. A coleção é composta basicamente por vestidos de seda em cortes puristas, quase sem decorações. Estas aparecem só para o final, com rendas, jacquards e mais toda uma riqueza de texturas.

Na passarela, modelos dos anos 1990 se misturam às tops e neo tops de agora, do mesmo jeito que a alfaiataria cool e confortável vem combinada ao mais rico trabalho manual de uma alta-costura já não existente.

A mensagem é clara: a moda não é uma só, as mulheres não são uma só. Versatilidade e praticidade são as ordens do momento e, aqui, o segredo do sucesso. Sonho realidade.

Clique em nossa galeria para ver looks selecionados da passarela da grife, em desfile realizado nesta quinta-feira (25.09), na semana de moda de Paris: