Foto: Reprodução/Instagram/@dior

Uma pergunta rege o inverno 2022 da Dior: como o passado pode ser o passo inicial para construirmos o futuro? Para a marca, a questão se resume à união de forma com funcionalidade. Para isso, a Dior se uniu à D-Air Lab, startup que cria novas formas de aplicação da D-Air, tecnologia de airbags de proteção pessoal.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

A colaboração entre as duas empresas – que atuam em categorias tão diferentes, mas não menos complementares quando o assunto é enxergar a roupa como abrigo – dá ares modernos ao shape clássico que acompanha a maison desde a criação do New Look.

Enquanto o primeiro look acompanha a silhueta da modelo com luzes de neon, a tecnologia e a funcionalidade aparece em outros looks como coletes, ombreiras e luvas acolchoados, futuristas e distópicos que se movem conforme a ativação dos airbags. A marca ressignifica a figura opressora que os corsets carregaram por tantos anos e apresenta a peça como uma armadura, uma reafirmação de força.

Mas Maria Grazia Chiuri sabe apresentar essa nova era com um perfeito equilíbrio da delicadeza da marca: os vestidos fluídos, a silhueta romântica e as flores ainda estão presentes, com a mesma potência dos ares sporty que a linha ganha. Que a “New Era” anunciada nas estampas das roupas seja muito bem-vinda!