Fotos: Agência Fotosite
Fotos: Agência Fotosite

Por Sylvain Justum

Adriana Degreas acerta de novo com seu bain couture. Incansável, ela se esmera em conseguir novas texturas, grafismos e modelagens para maiôs, biquínis e caftãs. Desenhos tropicais recortados a laser, com efeito rendado, decoram o primeiro bloco, todo em preto, no qual se destacam também transparências em maiôs de musseline de seda, tão chiques que poderiam migrar para a festa black-tie, arrematados por um cintinho com pérolas no fecho.

Bons maiôs e blusas vaporosas funcionam bem na junção do mesmo material com a Lycra. Uma graça os que levam capinha transparente no bumbum. Os belos caftãs que Adriana costuma produzir, desta vez viram macacão, em preto ou na bela estampa de cisne, releitura da obra do inglês Valter Crane. A versão em rosa e verde esmaecidos do final é linda. De desenho cavadão, as peças da coleção ganham suporte do bom styling, que acrescentou graciosas crinolinas sobre alguns looks.