Por Sylvain Justum

A pegada artsy do verão da Triya tanto pode vir de forma tradicional, com pinceladas sobrepostas, respingos que os pintores deixam em suas telas – e roupas -, quanto de maneira tecnológica, nas estampas digitalizadas e fragmentadas. Tudo impresso em uma moda praia que busca mais atitude do que bronzeado.

Entre uma firula ou outra – exagero de franjas e adereços, clima rock´n´roll 80´s datado , óculos à la Lady Gaga -, pinta o que realmente interessa no desfile: os corretos biquínis, de calcinhas largas ou hot pants, usados com tops cortados a laser, fininhos.

Aqui, as estampas tem origem optical, sempre multicoloridas. Pena que foram poucos. Honra ao mérito para os bijoux em formato de pincel. Divertidos.

O melhor look: o mais limpo. Biquíni de top cortado a laser e calcinha comportada, com print optical

O acessório: entre os brincos, as pulseiras e o colar com formato de pincel, ficamos com o último