A. Niemeyer – Foto: Felipe Vianna

Por Marcela Palhão e João Victor Marques

O segundo dia da São Paulo Fashion Week, que aconteceu nesta quinta-feira (05.11), encantou e emocionou. Desde a abertura com peças multifuncionais da Korshi 01, passando pela atemporalidade de A. Niemeyer e a emoção da trajetória de Alexandre Herchcovitch, até o encerramento do dia com a já queridinha Another Place, veja os principais destaques.

Korshi 01

Para a Korshi 01, uma peça de roupa jamais será apenas uma peça. Depois de três temporadas desfilando pelo Projeto Estufa, a marca faz sua estreia no line up oficial no segundo dia do SPFW e apresenta uma coleção inspirada no conceito de guarda-roupa cápsula. Propondo um armário inteligente, a Korshi 01 criou diversos looks com apenas 10 peças multifuncionais – são vestidos que se transformam em saias, bolsas que viram chapéus, calças, jaquetas e camisas que se transformam conforme o estilo de quem às usa.

A modernidade dos visuais e a premissa sustentável se destaca na coleção, perfeita para quem busca uma moda mais inteligente e consciente.

Ponto Firme

“Crochê como ferramenta de customização e upcycling”. Este é o lema do Projeto Ponto Firme, do estilista Gustavo Silvestre, que apresentou sua mais nova coleção em colaboração com a Nk Store no SPFW. A nova coleção foi feita por egressos do projeto, que leva crochê para dentro da Penitenciária Desembargador Adriano Marrey, em Guarulhos.

Baseada na ideia de uma jangada navegando no mar sob uma noite de eclipse, no qual as modelos e as peças são estrelas que o iluminam o caminhar, todas as roupas foram feitas reutilizando peças que a NK Store recomprou de algumas consumidoras da marca. O fio condutor que permeia todos os looks da coleção é a mistura de tecidos e crochês, criando vestidos, saias, camisetas e blusas com um grande mix de texturas têxteis.

O ponto alto foram as saias rodadas e os vestidos leves e soltos, apresentados nas cores brancas e bege, predominantemente. Silvestre e os “crocheteiros” também apostaram em mangas curtas com volume e babados feitos de tecidos nas camisetas e saias.

A. Niemeyer

Conforto, estilo, qualidade e atemporalidade. Estes são os princípios que sempre baseiam as criações da A. Niemeyer, incluindo a nova coleção apresentada durante o SPFW. Em um fashion film que uniu peças de coleções passadas às modelagens que já estão nas lojas e às que chegam na próxima temporada, a marca reafirmou que estes quatro conceitos são essenciais para uma moda mais consciente.

“Conforto no sentido mais amplo da palavra. Não só no toque da roupa, mas o conforto interno, que vem da alma. Tentamos levar às mulheres beleza, autoestima e confiança para que possam explorar sua individualidade através da roupa”, afirmam Fernanda Niemeyer e Renata Alhadeff, que dividem a direção criativa da label.

Tons neutros, modelagens mais amplas e recortes geométricos reforçam a vontade de oferecer um vestuário confortável e versátil, mas que não deixa de ser elegante. Destaque para os detalhes, responsáveis por acrescentar ainda mais charme às peças.

Alexandre Herchcovitch

Foto: Reprodução/Instagram/@mktmix

Alexandre Herchcovitch escolheu uma maneira emocionante para celebrar seu aniversário de 50 anos durante o SPFW: um minidocumentário que remete à sua trajetória com seis criações consideradas históricas. O vídeo mistura as peças sendo desfiladas pela modelo Daiane Conterato com explicações minuciosas do próprio estilista.

Herchcovitch esmiúça suas inspirações, as mensagens que queria passar com as roupas e, até mesmo, como elas foram recebidas na época. Entre as peças, está o vestido de noiva de tricô feito à mão; o pelerine em gobelin, que evidencia o cuidado dele com o forro; o vestido de correntes que subverte o efeito de tecidos leves; as peças inspiradas no cantor e compositor Boy George; um casaco de látex e um vestido inspirado nos anos 1950, feito com tecidos da época.

“Acho que o que une essas coleções e essas roupas são aspectos transgressores, que decidi seguir em cada coleção que iniciei”, completou ele. Conheça mais detalhes de cada modelo e assista ao documentário na íntegra.

Amir Slama

Ao som de Elza Soares, Amir Slama anuncia que o Sol – que dá nome à sua coleção resort 2021 – há de brilhar mais uma vez. A prova disso são os tons quentes se tropicais escolhidos para as peças o swimwear da marca. O tie dye, queridinho do isolamento social, ganha nova versão em tons de vermelho, laranja e amarelo, que funciona como fundo para palmeiras e outros elementos já conhecidos da moda praia. Vestidos esvoaçantes e transparentes sobrepõe biquínis e maiôs cheios de recortes. E anote aí: o asa delta voltou para ficar!

Another Place

Produções que emocionam e levantam questionamentos não são nenhuma novidade para a Another Place. Seguindo os passos do fashion film estrelado por Johnnyo Massaro na última edição do SPFW, a marca volta com a produção audiovisual batizada de “Broken Promises for Broken Hearts”, que retrata as dificuldades das saudades do toque humano em um período marcado pelo isolamento social.

O clipe, protagonizado por Cadu Libonati, com direção de Henrique Sauer e trilha sonora de Barbara Ohana, apresentam peças que são releituras das modelagens favoritas da marca, com recortes assimétricos, feitas em algodão e nylon e seguindo a identidade genderless e jovem da marca. “Nós nascemos no universo digital e a sintonia com os novos formatos de apresentação, especialmente, no atual contexto de isolamento social, se mantém ainda mais viva em nosso DNA “, diz Rafael Nascimento, diretor criativo à frente da label.