Técnicas de costura manual, crochê, tricô e bordado atribuem significado emocional a objetos - Foto: divulgação
Técnicas de costura manual, crochê, tricô e bordado atribuem significado emocional a objetos – Foto: divulgação

Por Vivian Mocellin

Quando Lenore Tawney abandonou a escultura para se dedicar à tecelagem, a artista não só transformou o antigo ofício do tecelão em novo gênero artístico, a fiber art, como abriu caminho para artistas contemporâneos explorarem o fio como forma de expressão. Na arte, Ghada Amer, Tracey Emin e Leonilson substituíram o pincel pela agulha e bordaram telas e fotografias. O design e a moda incorporaram a tendência e a fizeram sinônimo de um novo conceito de luxo, com designers colaborando com os melhores artesãos do mundo para produzir peças que evocam sentimento de resgate cultural. Ou, como dizem, “a Terceira Revolução Industrial”.