Coach da Warner Center, em NY - Foto: reprodução
Coach da Warner Center, em NY – Foto: reprodução

 

The new Coach: é neste projeto que a Coach vem investindo fortemente desde a nomeação de Stuart Vevers como diretor executivo de criação, em 2013.

A brand americana busca um novo conceito de varejo e, para tal, desembolsou US$ 570 milhões (cerca de R$ 1,5 bilhão), que serão utilizados para reformar todas as lojas da rede entre 2015 e 2017. O alto investimento vem em um momento um tanto quanto difícil para a marca, já que o lucro liquido da rede vem caindo a cada trimestre.

Coach da Warner Center, em NY - Foto: reprodução
Coach da Warner Center, em NY – Foto: reprodução

Ainda assim, o novo visual está a todo vapor. O projeto de reforma de Vevers em parceria com William Sofield, do estúdio Sofiel, já desembarcou nas lojas de Beverly Hills, Nova York e Tóquio. As lojas passam a ter um ambiente que traz para as clientes uma sensação de “sala de estar”, mais confortáveis e relaxadas.

Até o fim de 2015, a Coach pretende reformar 150 lojas e abrir mais 60, cada uma delas com aspectos arquitetônicos personalizados e decorações mobiliárias exclusivas, todas de acordo com a localização e o perfil das consumidoras. Além disso, os planos incluem um décor atualizado a cada nova estação. How cool!