Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Romantismo e elegância imperial aparecem na recém-reformada loja da Dolce & Gabbana na Rue du Faubourg St. Honoré, em Paris. Um dos mais refinados endereços da capital francesa, a butique, que reúne coleções masculinas e femininas, se estende por dois andares em um edifício tipicamente parisiense do estilo do século 19.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

A fachada, também restaurada, oculta duas lojas agora unificadas e separadas apenas por um pátio interno. Para unir as duas realidades, uma imponente escada curva feita de mármore vermelho Rouge de Roi conecta o primeiro andar da loja feminina, no térreo,à loja masculina. Uma segunda escada feita com o mesmo mármore aparece na entrada da loja feminina.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Atrás de cada uma das duas escadas, dois mosaicos de vidro e esmalte de sete metros de altura aparecem representando Napoleão Bonaparte (na butique dos homens) e Joséphine de Beauharnais (na butique das mulheres). Inteiramente artesanais, as duas criações de extrema maestria reproduzem os dois retratos feitos no início do século 19 pelo pintor ítalo-francês Baron François Gérard.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A união da estética italiana e francesa, duas realidades muito próximas umas das outras e com mil anos de história, reflete o desejo de criar butiques diferenciadas DNA da Dolce, porém abraçando os valores e características distintivas da cultura hospedeira.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Assim, elementos atribuíveis ao estilo arquitetônico do Império Romano são combinados com decorações inspiradas no Império Napoleônico, mantendo sempre a influência barroca como protagonista.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Leia mais:
Dolce & Gabbana apresenta campanha de verão 2020
Transforme a lingerie em estrela nas pistas de dança
21 blazers italianos para o verão 2020