Fotos: Reprodução

O desfile da Lanvin nesta temporada de verão 2013 parisiense comprova que Alber Elbaz sabe exatamente como deixar uma mulher elegante, mesmo em seu momento mais minimalista, como se viu hoje.

Apesar dos resquícios decorativistas vistos na metade do desfile, a coleção é repleta de looks limpos – em que o preto e branco, a alfaiataria absolutamente impecável e as linhas retas funcionam como fios condutores para as construções de Elbaz. As cores não ficam totalmente ausentes, porém restritas aos tubinhos nos momentos finais do show.

O fetichismo chique de Helmut Newton é visível tanto nos looks masculinos – com generosos decotes e aberturas -, quanto nos mais femininos, como os vestidos de organza que levam prints de corpos nus ou os mais abusados, de um ombro só. Os macacões com calças de modelagem ampla trazem um perfume oitentista à coleção, que marca um momento mais contido nas criações de Elbaz, mas, em nenhum momento, menos glamoroso.