O pensamento sustentável de Cauã Reymond está à frente do tempo, um privilégio que ele sabe muito bem administrar. Dirige carro com energia limpa. Em casa, aderiu às placas de luz solar, à horta orgânica (onde cultiva folhas, temperos e chás) e investe em produtos locais de pequenos produtores. De Bela Gil, ganhou um sistema de compostagem do lixo doméstico.

O jardim é a parte da casa de que mais gosta e tem se dedicado bastante a plantas ultimamente. Também se preocupa com a coleta seletiva de materiais. Vidro, metal, plástico e papel têm descarte apropriado – uma reeducação para quem vive ao seu redor.

É neste clima de conexão com a natureza que ele fotografou a capa (e recheio!) da edição de janeiro da Bazaar para mostrar a nova coleção da Foxton, com cliques de Henrique Gendre, edição de moda de Luis Fiod e beleza de Max Weber.

No vídeo acima, de Paulo Ferreira, você assiste aos bastidores deste shooting exclusivo.