Foto: Divulgação
Marylin Monroe na campanha do Chanel Nº5 – Foto: Divulgação

A elegância é um status desejado por muitos fashionistas. Ser chique não transparece apenas por roupas com cortes perfeitos de alfaiataria ou glamour. Ela está no comportamento e na delicadeza da beauté. Por exemplo, um delineado preto no estilo gatinho é um dos recursos da maquiagem que esbanjam elegância. O leve toque do blush também. Mas existe um item que é essencial para arrematar o visual: o perfume é a chave para finalizar o look.

São essências mais fortes, ou até suaves, com toques poderosos de flores magníficas ou especiarias. O perfume também é sinal de empoderamento: são nomes que representam gerações, que tem o poder da sensualidade e da delicadeza feminina.

Bazaar escolheu as cinco fragrâncias mais chiques de todos os tempos para você usar e abusar dos grandes nomes da beauté no dia a dia! Veja a seguir:

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM 

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Chanel Nº5: o perfume de estreia da grife Chanel foi idealizado e pensado por anos, até que, em 1921,  Gabrielle Chanel e seu perfumista entraram em acordo. Desde a morte de Boy Capel – que era amante da francesa – em 1919, Gabrielle mergulhou no mundo das essências. Há quase 100 anos a fragrância vem conquistando mulheres icônicas: desde a própria costureira e passando por Marylin Monroe, Nicole Kidman e até Brad Pitt. Esses são os personagens que já foram rosto da campanha do perfume mais conhecido do universo fashion.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Opium: em 1977, Yves Saint Laurent lançou um perfume que combinaria com sua coleção de inverno do mesmo ano, que era inspirada na China. “Opium” surgiu como uma novidade excêntrica: a mistura de patchouli, myrrh e baunilha constroem as essência de uma das fragrâncias mais elegantes. E Saint Laurent foi quem decidiu o tipo de essências, do processo criativo do vidro do perfume até o press kit. E foi o próprio costureiro quem escolheu Jerry Hall para estrelar a campanha, que foi fotografada por Helmut Newton.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Shalimar: Quatro séculos atrás, na Índia, o imperador Shah Jahan se apaixonou perdidamente pela princesa Mumtaz Mahal. Ele mandou construir o jardim de Shalimar em sua homenagem, além de ter dedicado o Taj Mahal para ela também. Essa história de amor inspirou Jacques Guerlain a criar a primeira fragrância oriental em 1925, chamada “Shalimar”.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

24, Faubourg: com as notas mais altas das flores mais brancas, a fragrância da Hermés é pura finesse. Misturada com essências de madeira e baunilha, o mistério criado a partir da história de uma viagem, que possui como destino o sol, conta a trajetória da herança da label francesa. Atemporal, o perfume é a cara da mulher moderna.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Jasmin Des Anges: lançada em 2017, a fragrância é a cara da Christian Dior. Com toques clássicos de flores misturados com essência frutada, o perfume carrega o cheiro das flores de Jasmin, quando desabrocham. Delicado, ele possui leveza, ao mesmo tempo que carrega uma grande história.

Leia mais:
Ariana Grande prepara lançamento de linha de beleza
Kim Kardashian e Kylie Jenner preparam colaboração de perfume
Victoria Beckham estreia linha de beleza em 2019