Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Com o afrouxamento do distanciamento social, diversas pessoas aproveitaram para visitar seu dermatologista e retomar procedimentos estéticos, mas este não é o melhor momento para apostar em alguns protocolos. Na coluna Drops de Beauté desta semana, veja quais são as melhores opções, um novo suplemento que acaba com as grandes quantidades de comprimidos e outras novidades do mundo da beleza:

WHAT’S NEW

Nova marca de nutracêuticos facilita o consumo de suplementos com dose única diária

Fotos: Divulgação

Quem nunca abandonou um tratamento pela dificuldade de ingerir duas, às vezes quatro cápsulas por dia de um mesmo suplemento para ter seus benefícios?

Foram três anos de pesquisas e testes para que a TAK 360 chegasse ao mercado, com a promessa de oferecer ingredientes de alta qualidade em dose única diária – e isso vale inclusive para o suplemento de colágeno, dificilmente encontrado em uma só dosagem.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Todos os produtos vem com a quantidade equilibrada de vitaminas, minerais, enzimas e fibras que o seu corpo precisa para funcionar plenamente. Graças à tecnologia de última geração, a marca conseguiu isolar os nutrientes ativos presentes nos alimentos, potencializando seus resultados e fazendo combinações balanceadas.

O Lapelle, por exemplo, combina ácido hialurônico e coenzima Q10, vitamina C, magnésio, zinco e selênio para estimular o colágeno e combater o envelhecimento. Icapelli traz biotina e cisteína, vitaminas do complexo B, magnésio, zinco e selênio, que devolvem brilho e elasticidade aos cabelos.

E em tempos de coronavírus, Laimmunità fortalece o sistema imunológico e respiratório com vitaminas C e D e Zinco. São, ao todo, sete opões de suplementos, com preços a partir de R$ 55.

Saiba quais tratamentos estéticos são indicados em tempos de pandemia

Nem todos os tratamentos para rosto e corpo são seguros neste momento. Segundo os dermatologistas, aqueles que acabam “lesionando” a pele, caso do laser ablativo de CO2, devem ser evitados por aumentarem o risco de contaminação. Aplicações de toxina botulínica e preenchimentos, por exemplo, exigem cuidado intensificado: “A higienização e assepsia da pele devem ser redobradas, além de todas as precauções no atendimento do paciente, sendo de extrema importância fazer uma triagem de sintomas antes da aplicação. Se o paciente apresentar certos sintomas, como febre, não é recomendado realizar o procedimento”, adverte o dermatologista Frederico Lara.

Ele recomenda o uso da toxina pura, que tem em sua composição poucas proteínas ou até mesmo nenhuma, e ressalta alguns benefícios de optar por ela neste momento de pandemia. “O processo inflamatório deste tipo de toxina é mínimo e, consequentemente, ativa-se menos o sistema imunológico. Isso oferece duas grandes vantagens pós-aplicações: poucas reações locais como vermelhidão e dor, e menos reações sistêmicas como dor de cabeça e no corpo, além de febre”.

Já os procedimentos não invasivos, como radiofrquências e ultrassom microfocado, não oferecem riscos nesse momento. De acordo com a dermatologista Fabiana Corio, de São Paulo, o ultrassom microfocado é um dos mais indicados para este período, porque não tem a necessidade de agulhas ou cortes. O procedimento realiza uma bioestimulação de colágeno em diferentes camadas da pele, conseguindo alcançar até mesmo as mais profundas. Bom para um efeito lifting no corpo e no rosto.

HITS

Fotos: Divulgação

Mais colorida
A marca de cosméticos naturais e veganos Be Plus Natural Care acaba de lançar três cores do seu famoso Multi Balm (R$ 86), nos tons Papaya, Sweet Pink e Prata.

Nova fórmula
A L’Occitane en Provence acaba de relançar sua linha de cuidados faciais, Immortelle Precieuse, com óleo essencial de Immortelle e o novo complexo dinâmico de ácido hialurônico. O Bálsamo para Olhos (R$ 240) suaviza bolsas e olheiras.

Fio a Fio
A máscara de cílios (R$ 195) da nova linha Mad Eyes, da Guerlain, proporciona volume multidimensional e ainda alonga os cílios após 4 meses de uso