Firenze: um roteiro para arrasar no instagram

Descubra os hot spots para tirar fotos na cidade de Michelangelo e Leonardo da Vinci

by Pablo Gomes
Foto: Reprodução/ instagram/ @pablogomes

Foto: Reprodução/ instagram/ @pablogomes

Se você é daqueles que ama tirar fotos e não faz uma viagem sem postar muitos stories ou “floodar” o feed com posts incríveis, preste bastante atenção nas minhas dicas de Firenze para arrasar no instagram.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Na hora de elaborar o roteiro, pense cuidadosamente nas fotos que quer tirar. Abra a location dos lugares que quer ir e planeje cada foto. Veja como as pessoas já tiraram, os ângulos, as paisagens, o BG (o famoso “background” ou plano de fundo se preferir), os efeitos e até mesmo os horários em função da posição do sol. Parece difícil e muita loucura, mas garanto que é mais fácil do que você imagina.

Em agosto estava de férias na Europa com minha família, o que tornou tudo um pouco mais tenso e complicado, pois cada um queria fazer seu próprio roteiro, mas com muita paciência consegui ir em todos, ou quase todos os lugares que queria. Fiz uma lista dos lugares imperdíveis que, além de instagramáveis, são uma delícia para curtir na terra de Michelangelo e Leonardo da Vinci.

Foto: Reprodução/ instagram/ @pablogomes

Foto: Reprodução/ instagram/ @pablogomes

Se for sua primeira vez, não deixe de ir aos lugares clichês como Ponte Vecchio ou a Piazza della Signoria, mas tenha em mente que um story em cada já está ótimo. Já a Galleria degli Uffizi, apesar de ser um must go para qualquer viajante, seja “veterano” ou “calouro”, rende ótimas fotos para o feed. Do chão ao teto, tudo é arte. Aquela foto cool olhando para o quadro vale, mas evite os mais famosos, pois são cheios e todos já postaram.

Foto: Reprodução/ instagram/ @marinamatola

Foto: Reprodução/ instagram/ @marinamatola

O gostoso de Firenze é que você pode andar a cidade toda a pé e, por mais massas trufadas que você vá comer, consegue gastar todas as calorias com as andanças. Se for esperto, faça reserva no Gucci Osteria, do chef italiano Massimo Bottura, ao lado do Gucci Garden. Apesar de vir pouca comida, vale aquele story do prato e uma foto com a mão apoiando o queixo dentro do restaurante. Inspire-se na Caroline Vreeland ou no Carlo Sestini. O Gucci Garden é incrível, não deixe de ir e fazer comprinhas (têm produtos exclusivos da loja). Algumas fotos são ótimas. Dê preferência a fotos de objetos. Seja criativo!

Foto: Reprodução/ instagram/ @marinamatola

Foto: Reprodução/ instagram/ @marinamatola

Para lugares muito turísticos, o importante é se jogar na criatividade. Edite a foto, procure ângulos diversos, iluminação e capriche na edição (o vsco cam e o lightroom têm feito sucesso). Não deixe de tirar aquela foto na Piazza del D’Uomo e do carrossel na Piazza della Repubblica.

Foto: Reprodução/ instagram/ @pablogomes

Foto: Reprodução/ instagram/ @pablogomes

Para se hospedar as duas melhores opções são: Four Seasons e St Regis. Particularmente prefiro o Four Seasons por dois motivos básicos: tem piscina e a sensação de viver como um Médici do Palazzo della Gherardesca (uma das família mais tradicionais da Itália até hoje), que foi encomendado por Bartolomeo Scala, chanceler da família Médici e chegou a ser do Papa Leão XI por 26 dias. Acredite, qualquer canto do hotel rende uma foto incrível.

Foto: Reprodução/ instagram/ @pablogomes

Foto: Reprodução/ instagram/ @pablogomes

Além dos quartos, outros dois lugares dentro do Four Seasons é o bar Atrium que, diga-se de passagem, tem o melhor bellini que já tomei na vida – e de bellinis eu entendo! Vá no fim da tarde, mesmo que não esteja hospedado, vale conhecer e foto no feed com o drink. O outro lugar acredito que só é possível conhecer se estiver hospedado no local: os jardins. Na minha opinião os jardins mais bonitos de Firenze são os do Four Seasons, que ligam uma ala do hotel a outra.

Foto: Reprodução/ instagram/ @pablogomes

Foto: Reprodução/ instagram/ @pablogomes

Foto: Reprodução/ instagram/ @pablogomes

Foto: Reprodução/ instagram/ @pablogomes

Nenhuma viagem vale a pena se não pudermos fazer comprinhas não é mesmo? Fotos dentro de loja são cafonas e se tem uma coisa que a gente não quer ser é cafona. Mas, não vale deixar de indicar a loja de porcelanas super cool, Richard Ginori. O que mais gosto de comprar quando viajo são coisas que só encontramos no lugar. Amo objetos de decoração, e a cidade é perfeita para encontrar bustos, vasos, porcelanas entre outros. Todos me perguntam como faço para trazer. Não tem segredo: mando despachar para o Brasil e, se for de pequeno porte, uma mala extra resolve o problema.

Last but not least, um clássico da gastronomia fiorentina, o 13 Gobbi. Não é nenhum restaurante chiquérrimo, mas a graça está aí. Um restaurante cozy, tradicional, comida deliciosa e ambiente agradável. Poste um story com aquele típico prato italiano e deixe todos com água na boca.

Foto: Reprodução/ instagram/ @marinamatola

Foto: Reprodução/ instagram/ @marinamatola

Leia mais:
Três hotéis ao redor do mundo para planejar as férias
Antiga casa de pescador opera como hotel de luxo em Búzios
Retiro detox do Rituaali vai muito além da perda de peso