71º Baile da Cruz Vermelha de Mônaco terá John Legend

Neste ano, o gala recebe o talentoso artista

by Ligia Kas
John Legend - Foto: IMDb

John Legend – Foto: IMDb

Presidido por príncipe Albert II de Mônaco, o 71º Baile da Cruz Vermelha de Mônaco, acontece na sexta-feira (26.07), no prestigioso cenário da Salle des Etoiles, no Sporting Monte-Carlo.

A data, que mostra o trabalho em progresso da organização em apoiar os necessitados ao longo dos últimos 71 anos e que foi fundada em 1948 pelo príncipe Louis II, é uma homenagem aos patrocinadores da Cruz Vermelha de Mônaco, cuja generosidade ajuda a prevenir e aliviar o sofrimento dos mais vulneráveis da sociedade.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Neste ano, a Cruz Vermelha de Mônaco tem orgulho em receber John Legend, um dos artistas mais talentosos e completos de nosso tempo. O cantor e compositor aclamado pela crítica ganhou um Emmy, dez prêmios Grammy, um Globo de Ouro, um Tony e um Oscar com inúmeros discos de platina em seu nome. Logo após seu primeiro sucesso ao lado de Lauryn Hill em “Everything is Everything” (1999), no qual ele tocou piano, o cantor e compositor também colaborou com artistas famosos como Jay-Z e Janet Jackson. A noite será apresentada por Michel Drucker e Karin Viard.

Para o 71º Baile da Cruz Vermelha de Mônaco, as equipes da Société des Bains de Mer de Monte-Carlo sonharam e criaram um espaço para eventos com um ambiente oceânico que representa o movimento do mar. Após a sua chegada ao local do Sporting, os hóspedes serão guiados para a Salle des Etoiles pelas ondas de milhares de flores. A cor “coral vibrante” da decoração subsequente destaca a preservação do fundo do mar. Enquanto isso, os ritmos do MamaDear e do Delvon Lamarr Organ Trio e do rock do Prime Circle, um dos melhores grupos da África do Sul, vão acompanhar os convidados com suas criações musicais.

De acordo com a tradição, a obra de arte, especialmente encomendada sobre o tema da Cruz Vermelha e oferecida pelo renomado artista internacional Marcello Lo Giudice, será exibida no salão do Sporting de Monte Carlo.

Cruz Vermelha

Apoiado e liderado pela paixão do príncipe Albert II, a Cruz Vermelha de Mônaco continuou a mostrar seu apoio em face de tragédias humanas e crises sociais que afligem homens, mulheres e crianças em todo o mundo.

Cobrindo uma área de apenas 2 km², com mais de 580 voluntários e 58 funcionários, a Cruz Vermelha de Mônaco trabalha em cinco setores: saúde, primeiros socorros, assistência social, trabalho com jovens e ajuda internacional. No total, mais de 2 milhões de euros foram doados para o departamento local em 2018. A Cruz Vermelha de Mônaco oferece apoio e conforto aos necessitados e prepara, treina e educa a população em primeiros socorros.

Sua rede de mais de 13 milhões de voluntários ajuda as pessoas afetadas por conflitos armados e desastres naturais e humanos. Em 2018, a Cruz Vermelha de Mônaco respondeu a dezenas de recursos através de seu Movimento Internacional, oferecendo mais de € 474 mi para seus parceiros no campo. Também ajudou a construir um centro de treinamento multiuso em Burkina Faso, que foi inaugurado em janeiro de 2018 pelo príncipe e princesa de Mônaco e prestou tratamento médico a dezenas de crianças por meio do “Monaco Collectif Humanitaire” no qual é um participante ativo. Quase € 400 mil foram doados para o desenvolvimento de programas internacionais em 2018.

Leia mais:
Sete hotéis ao redor do mundo que você precisa conhecer
Côte-d’Azur: Mônaco e seus prazeres mediterrâneos
Hype Bazaar: três dicas de spas pelo mundo