Dominique Oliver, CEO da Amaro – Foto: Divulgação

A Amaro completa oito anos dando um grande passo para se tornar um marketplace grande no mercado virtual. “A reestruturação surge do desejo de ir além da moda e se inserir na vida do cliente de outras formas”, conta Dominique Oliver, CEO da empresa.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Em 2019, o executivo detectou uma mudança significativa no consumo online. Entre março e abril, subiram as procuras como produtos de lifestyle, incluindo bem-estar, decoração e itens de beleza para autocuidado. “Somou-se a isso o fato de muitas marcas precisarem de outros canais de venda”, afirma Dominique sobre a procura que a Amaro recebeu.

Assim, o e-commerce se tornou um RetailTech – muito além de uma brand destination – que tem como meta chegar a 300 marcas até dezembro deste ano. “Nosso grande diferencial é a curadoria de produtos, com marcas que tem uma filosofia que nós acreditamos. No setor de beleza, por exemplo, o consumidor vai encontrar produtos de clean beauty”.

O setor de beauté, por sinal, é o que mais tem crescido em 2021. Neste mês, a Amaro recebeu em seu portfólio de produtos as marcas Granado, Phebo, The Body Shop, além das marcas profissionais, Kérastase, L’Oréal Professionnel e Redken.