Foto: RÔMULO FIALDINI/CASACOR
Foto: RÔMULO FIALDINI/CASACOR

Por Lucas Rechia

Há 33 anos a Casa Cor é palco onde nomes consagrados da arquitetura brasileira podem aproximar seus trabalhos do público e onde jovens arquitetos têm a oportunidade de alçar um espaço nesse mercado tão concorrido.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

O evento tem enfrentado com sucesso uma das questões mais desafiadoras para mostras desse porte – como lidar com a questão dos resíduos. Por isso, o tema escolhido para reger os 78 ambientes da mostra foi “Planeta Casa”.

Sob o aspecto da sustentabilidade, os arquitetos vão propor ambientes que tragam tendências para o setor e movimentar a arquitetura brasileira nos próximos meses.

A Bazaar acompanhou de perto alguns desses arquitetos e trouxe seis nomes que prometem chamar a atenção nesta edição da mostra, que começa dia 28 de maio e vai até 4 de agosto, em São Paulo.

Marcelo Salum

Marcelo Salum - Foto: Divulgação
Marcelo Salum – Foto: Divulgação

Marcado por uma arquitetura repleta de sentimento, Marcelo traz o loft “Árvore da Vida”, em uma referência ao filme homônimo de Terrence Malick.

“O filme faz uma reflexão de como os traumas que carregamos para a nossa vida estão ligados a educação. Acredito que uma casa, sendo uma de nossas camadas, como a pele e a roupa, pode conter proporções e materiais que ajudem a curar esses traumas”, explica Marcelo.

Ro+Ca

Ro + Ca - Foto: Divulgação
Ro + Ca – Foto: Divulgação

Pelo segundo ano consecutivo, o trio de arquitetos Carlos Carvalho, Rodrigo Bezze e Caio Carvalho fazem da parceria com a Leroy Merlin a oportunidade de criar ambientes com produtos highlow em seus ambientes. Esse ano, o estúdio traz a mistura de elementos brutos à sofisticação do tom verde esmeralda que prevalece no ambiente.

Nildo José

Nildo José - Foto: Divulgação
Nildo José – Foto: Divulgação

Um dos mais prestigiados arquitetos do momento, Nildo José, que é um dos frutos da Casa Cor, traz para a mostra desse ano, em parceria com a Duratex, a “Casa Dendê Duratex”. O ambiente faz referência ao misticismo da cultura baiana com a sofisticação do traço minimalista do arquiteto.

Salvio e Moacir Jr

Salvio e Moacir Jr. - Foto: Divulgação
Salvio e Moacir Jr. – Foto: Divulgação

A dupla, que chamou atenção com o projeto da “Casa Dezesseis” na mostra de 2018, é uma das mais esperadas por mim. Para a Casa Cor de 2019, a dupla traz a “Casa Oak”, com 185m2 que prometem chamar atenção dos visitantes.

Juliana Pippi

Juliana Pippi - Foto: Divulgação
Juliana Pippi – Foto: Divulgação

No segundo ano de Casa Cor São Paulo, Juliana traz a leveza do traço catarinense e sua personalidade para dentro do Jockey Club. “Há muitas edições de Casa Cor me debruço sobre a materialização deste ato, o encontro é quase como uma defesa do que importa para os dias, para manter o frescor da casa, das relações que nela se estabelecem, as vibrações que transitam”, conta a arquiteta.

Gustavo Neves

Gustavo Neves - Foto: Divulgação
Gustavo Neves – Foto: Divulgação

Dono de um estilo marcante, que mescla a brutalidade dos materiais a texturas requintadas, Gustavo busca com o projeto da “Casa Sumé” apresentar um modelo tridimensional, onde a sustentabilidade tem real protagonismo e em que a criatividade, conhecimento e tecnologia são postos a favor da humanidade.

Leia mais:
Arquitetura e design sustentável: conheça a MateriaLab
Guto Requena: “Mudanças climáticas vão revolucionar o design”
Cinco designers para ficar de olho no salão de móveis de Milão