Foto: Brunno Rangel, com direção criativa de Ma Feitosa, edição de moda de Marcelo Cavalcanti, beleza de Everson Rocha e tratamentode imagem da Raw Plus

Xuxa tem ido cada vez mais para a cozinha. E não é por causa deste momento de distanciamento social que a apresentadora está preparando suas próprias refeições. O veganismo foi o responsável por despertar tal prazer em sua rotina. “Fico na cozinha o tempo todo. Não saio para nada”, brinca a aprendiz de chef, que gosta de preparar saladas, legumes de todos os jeitos e molhos à base de cogumelos.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

A apresentadora da Record conta que virou vegetariana aos 13 anos, muito antes de o assunto virar moda. Mas o “pequeno passo” adiante só aconteceu há três anos, com empurrão da filha, Sasha. Ela não quer ser rotulada de doutrinadora, uma vez que a “fase chata” de explicar a conversão ao veganismo já passou. “Queria que, assim como o cigarro, as carnes viessem com indicação do que aquele produto causa (na saúde)”, diz ela, que, durante o papo por telefone com Bazaar, aguardava, com água na boca, o preparo de bolinho de arroz integral com queijo vegano que sairia de sua cozinha.

Foto: Brunno Rangel, com direção criativa de Ma Feitosa, edição de moda de Marcelo Cavalcanti, beleza de Everson Rocha e tratamentode imagem da Raw Plus

Se a opção pelo veganismo conecta mãe e filha, outras características são divergentes na personalidade de cada uma. Xuxa é ligada no 220 volts, enquanto Sasha, segundo a mãe, vibra no 110. A garota é introvertida, ao contrário da apresentadora, que adora atenção. A filha é relax, enquanto Xuxa é estourada e cabeça-dura.

Casamento

Ao longo da conversa, outras semelhanças vão surgindo: a determinação, o gosto pelas cores, o prazer em ficar em casa, as causas, praia, bicho e criança. E mais diferenças. A apresentadora tem certeza de que a estilista e modelo de 21 anos vai se casar logo (com o namorado, o cantor gospel João Figueiredo). “É uma coisa que quer, ela gosta. Inclusive, me perguntou hoje: ‘Mãe, em quanto tempo você acha que demora para arrumar uma festa de casamento?’.” Xuxa respondeu que não fazia a mínima ideia e chutou entre seis meses e um ano. “Vai conversar com alguém que casou, porque não tenho noção”, ri ela, que não compartilha do mesmo desejo.

Xuxa usa maxicamisa Ricardo Pinto e tênis Adidas – Foto: Brunno Rangel, com direção criativa de Ma Feitosa, edição de moda de Marcelo Cavalcanti, beleza de Everson Rocha e tratamento de imagem da Raw Plus

O padre Fábio de Melo até brinca sobre atualização do status de relacionamento de Xuxa com Junno Andrade, de quase oito anos. E ‘ai’ deles se não o chamarem para celebrar a união. “A gente não pensa nisso, não. Nunca fui chegada a casamento”, argumenta. “Hoje em dia, eu namoro… E bastante! Faz bem pra pele, faz bem pra tudo”, indica.

Ela está realizada por ter encontrado alguém que gosta dela sem filtros e revela que já cogitou adotar uma criança com o companheiro. “Quando fui à África (no início do ano), me passou pela cabeça que se eu estivesse com o Junno, iria fazer absolutamente de tudo para a gente sair de lá com um pequenininho.”

Papel social

Ela também está satisfeita com seu papel social. O altruísmo sempre esteve presente, e não necessariamente sob os holofotes. Por 28 anos, comandou a fundação para crianças que levava seu nome; por meio de uma de suas empresas, a Espaçolaser, doou R$ 1 milhão ao SUS para o combate do Covid-19 e cinco respiradores para São Paulo; e, com sua parceria com a Baruel, entregou 300 mil sabonetes.

A preocupação com os baixinhos se intensifica neste momento de isolamento social. Enquanto a mídia coloca luz na questão da violência contra a mulher, Xuxa alerta para o aumento do abuso de crianças, que estão o tempo todo dentro de casa, cheias de energia, com responsáveis que já praticavam algum tipo de violência física contra elas. “Será que alguma autoridade pode ir a estas casas e retirar as crianças para protegê-las dos pais?”, indaga.

Baixe na Apple Store

Baixe no Android