10 coisas que amamos do desfile de João Pimenta

Estilista se inspira na personagem mitológica Lilith

by Beatriz Poletto
Foto: Giovanna Gebrim

Foto: Giovanna Gebrim

É a personagem mitológica Lilith quem inspira a coleção de João Pimenta, apresentada agora no SPFW N48. Pela primeira vez, o estilista olhou para a necessidade do público, em vez de suas vontades criativas, para desenvolver uma linha. João entrevistou um grupo de mulheres lésbicas e entendeu, por meio de seus relatos, os shapes, a cartela de cor, as padronagens e a estamparia que construiria sua coleção.

E é aí é que entra Lilith: “Quis achar uma personagem que representasse essas mulheres. Ela é primeira mulher de Adão na mitologia, que é feita do mesmo barro e do mesmo sopro do que o do homem. Isso, em algum momento, representa que existiu uma igualdade entre os gêneros”. Como Lilith foi expulsa do paraíso – era um anjo e passou a ser demônio – a coleção conta esta história de transição.

As peças começam com uma estética desmontável e se transformam, chegando aos looks pretos e empoderados. As mulheres que João entrevistou também assistiram ao desfile.

Veja a seguir dez coisas que amamos da coleção:

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM 

Foto: Giovanna Gebrim

Foto: Giovanna Gebrim

Os looks all white são sempre chiques, e são eles que abrem a história da coleção de João Pimenta.

Foto: Giovanna Gebrim

Foto: Giovanna Gebrim

Desabados, os looks foram se transformando na passarela. No início, eles aparecem como se estivem se desmanchando, para se tornarem algo a mais.

Foto: Giovanna Gebrim

Foto: Giovanna Gebrim

A costura aparente é pura informação de moda e é detalhe must-have nas peças de João Pimenta.

Foto: Giovanna Gebrim

Foto: Giovanna Gebrim

A pochete também apareceu com força nesta coleção: elas arrematam visuais com blazers e terninhos de alfaiataria.

Foto: Giovanna Gebrim

Foto: Giovanna Gebrim

A estampa de cobra é um dos motivos que representam Lilith, personagem escolhido por Pimenta para representar sua coleção.

Foto: Giovanna Gebrim

Foto: Giovanna Gebrim

A mistura entre texturas leva para a passarela um significado híbrido, que foi hit nas temporadas internacionais.

Foto: Giovanna Gebrim

Foto: Giovanna Gebrim

A coruja bordada à mão com linha e paetês é um mimo entre os looks poderosos de João Pimenta.

Foto: Giovanna Gebrim

Foto: Giovanna Gebrim

A transparência também marcou presença, representando sensualidade.

Foto: Giovanna Gebrim

Foto: Giovanna Gebrim

Para arrematar os looks, o suspensório volta com tudo!

Foto: Giovanna Gebrim

Foto: Giovanna Gebrim

O oversized apareceu em todos os looks da coleção, que é conforto, informação de moda e empoderamento.

Leia mais:
10 looks que amamos do verão 2020 da PatBo
10 coisas que amamos do desfile da Modem no SPFWN48

10 coisas que amamos do desfile de Lilly Sarti no SPFWN48
10 coisas que amamos do desfile de Reinaldo Lourenço da SPFWN48