10 coisas que amamos no verão 2020 da Louis Vuitton

A grife encerrou a temporada de verão 2020 de Paris

by Marcela Palhão
Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

Por Cibele Maciet e Rodrigo Yaegashi

Um espetáculo para fechar a temporada verão 2020 de Paris, a última das principais semanas de moda do mundo. O desfile da Louis Vuitton não veio para brincadeira com os efeitos visuais: o cenário de madeira, montado dentro da pirâmide do museu do Louvre, ganhou um telão que transmitia a música do show – uma performance digital de Sophie.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Nicolas Ghesquiere fez uma viagem no tempo, aqueles anos 1990 nos quais a moçada passava seus dias e noites assistindo a blockbusters com os amigos. Com um início marcado pela alfaiataria dos gangsters de lapelas largas, riscas de giz e flores, o desfile caminhou para leves sixties dresses, a moda da maison. A coleção, romântica, trouxe bordados ingleses em golas e palas, coletes de lantejoulas por cima de blusas, o truque da minissaia reta irregular, que saía fora do cós e vestidos brancos fofos com mangas ultrabufantes.

Um show atento às mudanças de consumo, também opta por utilizar o Louvre de forma consciente: toda a madeira do cenário saiu de reflorestamento e será doada para reutilização, encerrando a semana com seu apoio às causas ambientais. Veja dez coisas que amamos no verão 2020 da Louis Vuitton:

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

A alfaiataria com mood gangster unia largas lapelas a riscas de giz e flores.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

Acrescentado brilho à coleção, coletes de lantejoulas criavam sobreposições com camisas xadrez.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

A junção de ombreiras e mangas bufantes contrastava com silhuetas acinturadas, criando um shape geométrico incrível.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

Diversos modelos de mangas chamativas foram apresentados, seja com volumes no comprimento, punhos ou ombros.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

As estampas e cores escolhidas reforçavam a viagem da Louis Vuitton de volta aos anos 1990.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

Essa época também foi lembrada nos acessórios, como as bolsas em formato de toca-fita e que remetiam às fitas cassete.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

Um dos destaques do desfile foram as saias de couro com formato tulipa.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

Essa modelagem também foi usada em belos vestidos brancos, que brincavam com o volume de mangas e bustos.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

O mix de estampas criou visuais elegantes e que remetiam ao workwear da década de 90.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

A mistura de tecidos ajudou Nicolas a criar essa brincadeira de shapes e volumes.

Leia mais:
10 coisas que amamos no verão 2020 da Lacoste
Volume a todo vapor: poder feminino invade o street style
Acessórios de cabeça ganham o street style de Milão
Resumo fashion da semana: o que foi notícia em @bazaarbr