estilo de angelica ross
Foto: Reprodução/Instagram/@angelicaross

Fundadora e CEO da TransTech Social Enterprises, uma empresa que ajuda a empregar pessoas trans na indústria de tecnologia, Angelica Ross é uma das figuras mais importantes do momento e, possivelmente, da história no movimento pela igualdade transgênero e racial.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Mesmo assim, apesar de seu papel importante fora das telas, o reconhecimento de seu trabalho veio após interpretar a personagem Candy Abundance Ferocity na série “Pose”, de Ryan Murphy. O seriado de sucesso apresenta o maior elenco transgênero de uma produção roteirizada e gira em torno da história de Blanca Rodriguez, que abriga jovens LGBTQ+ que foram expulsas de suas casas.

O estilo de Angelica Ross

Em 2020, Angelica se tornou um dos rostos da campanha de pre-fall da Louis Vuitton – uma homenagem dirigida, por Nicolas Ghesquière, às capas de antigos livros de ficção científica. Mas o gosto pela moda veio muito antes dela estrelar editoriais ou campanhas publicitárias. A artista cresceu fazendo drag e, em razão disso, sabe como as roupas podem ajudar a transformar nossa confiança e autoestima.

estilo de angelica ross
Foto: Reprodução/Instagram/@angelicaross

Para ela, a maquiagem, por exemplo, é como uma “pintura de guerra”. As cores, os pincéis e tudo o que envolve o processo de maquiar-se são extremamente importantes, especialmente por terem sido grandes aliados durante sua transição.

Angelica também defende a expansão da paleta de cores de base oferecidas pelas marcas. Isto porque ainda que os investimentos em linhas que se adequem a diferentes tons de pele tenham crescido expressivamente ao redor do mundo nos últimos anos, ainda há muito que ser feito para que todos sintam e percebam que há produtos que os representam no mercado.

estilo de angelica ross
Foto: Reprodução/Instagram/@angelicaross

Além dos produtos de beleza, Angelica também sabe o que está fazendo na hora de vestir-se. Sempre apostando em vestidos e peças coloridas, ela também incentiva mulheres negras a desfrutarem de um universo de cores para além dos tons terrosos e escuros que foram impostos de maneira velada à elas por tanto tempo.

O amarelo é uma de suas cores favoritas, por exemplo, para passagens pelos red carpets. O branco também é muito utilizado por ela para ressaltar seu tom de pele.

estilo de angelica ross
Foto: Reprodução/Instagram/@angelicaross

Em janeiro deste ano, Angelica lançou seu primeiro single, “Fierce” – que, segundo comunicados da artista, simboliza um grito de reafirmação de poder, projetado para trazer ainda mais consciência para o número cada vez maior de crimes de ódio, assassinatos e a epidemia de violência que afeta desproporcionalmente mulheres negras e transgênero.

A canção conversa muito com visuais de estampa animal que exibe em fotos de seu Instagram e que buscam, justamente, trazer essa ferocidade para as composições de looks femininos.

estilo de angelica ross
Foto: Reprodução/Instagram/@angelicaross

Transgênero, negra e aos 40  anos, Angelica Ross vem conquistando cada vez mais espaço na mídia e, consequentemente, abrindo portas não só para ela, mas para todas as próximas gerações de mulheres que há anos precisam se encaixar em rótulos para conseguir um papel de destaque em produções de televisão ou em campanhas publicitárias.

Para finalizar, nada melhor do que uma citação da própria Angela: “And by the way… trans women are women”.